Prefeitos da Amesne aprovam proposta de Bento para cirurgias de alta complexidade na traumatologia

IMG-20170628-WA0050

A primeira reunião do ano da Amesne (Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste) sob o comando do presidente Antônio Cettolin, prefeito de Garibaldi, aconteceu na tarde desta quarta-feira, 28, nas dependências da Fundação Casa das Artes, em Bento Gonçalves. Dentre as pautas, destaque para a decisão dos prefeitos da proposta sugerida pela Capital do Vinho, de tornar-se referência para cirurgias de alta complexidade em traumatologia, através do Hospital Tacchini.

Desde 2016 o Hospital Pompéia, em Caxias do Sul, que possui o credenciamento, está com atrasos de repasses públicos, inviabilizando praticamente a realização de cirurgias, atrasando ainda mais uma longa fila de espera que chega a até dois anos.

Por isto que o caminho sugerido para sanar o problema na região Vinhedos e Basalto, é transferir a referência para Bento. O projeto conta com o co-financiamento de 23 municípios envolvidos.

“É uma questão que vem causando inúmeros transtornos para a população. Não é possível alguém esperar uma cirurgia de joelho três anos”, desabafou o prefeito Antônio Cettolin.

Os municípios interessados deverão reunir-se para ter uma média de custo, para buscar junto ao Ministério da Saúde uma alteração de credenciamento. Estima-se que cada cirurgia custe de R$ 7 a R$ 10 mil. Dois grupos serão formados, um para trabalhar junto ao Governo do Estado e ao Governo Federal, e um segundo, que buscará a negociação com o Hospital Tacchini.

O prefeito Guilherme Pasin diz que a região ganha em poder evoluir neste trabalho. “Os municípios adiantarão recursos de acordo com cada procedimento a ser feito. Se o município tiver uma cirurgia de alta complexidade, irá co-financiar valores do Estado e da União, para reduzir o gargalo da região e de Bento Gonçalves”, mencionou.

O vice-presidente da Amesne, prefeito de Cotiporã, José Carlos Breda, destacou que “é um tema delicado que vem tirando o sono dos prefeitos. O Estado há muitos ano não consegue atender e por isto estamos buscando alternativas”, afirmou.

A coordenadora da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde, Solange Sonda participou do encontro e deverá levar a proposta dos prefeitos ao Governo do Estado.

Os municípios integrantes da região Vinhedos e Basalto são: Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Cotiporã, Fagundes Varela, Garibaldi, Guabiju, Guaporé, Monte Belo do Sul, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Prata, Parai, Protásio Alves, Santa Tereza, São Jorge, União da Serra, Veranópolis, Vila Flores, Vista Alegre do Prata.

Segurança

O próximo encontro será no dia 21 de julho, em Garibaldi, com segurança pública na pauta. Será a oportunidade dos gestores levaram demandas ao secretário estadual da Pasta, Cezar Augusto Schirmer.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora

Fotos: Felipe Machado e Emanuele Nicola