Prefeito de Bento assina PMI para Parceria-Público-Privada de iluminação pública

Foi assinado nesta segunda-feira, 14, pelo prefeito Guilherme Pasin (PP), a autorização para Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para Parceria Público-Privada (PPP) de Iluminação Pública. O ato ocorreu juntamente com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Silvio Pasin, na reunião do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, em uma das salas do Centro Empresarial.

A proposta consiste na troca de todos os 14 mil pontos de luz, já instalados na cidade e interior, por lâmpadas de LED, com o objetivo de reduzir o consumo de energia e ampliar a luminosidade em pontos ermos. Com isso, também trazendo benefícios para a segurança pública.

A partir da autorização, as empresas têm 30 dias para realizar a inscrição. Após esse prazo, a empresa tem 45 dias para entrega do projeto de execução, ou seja, modelagem técnica/econômica, financeira e jurídica, a qual será avaliada por uma comissão mista. A parceria deverá ser de 25 a 35 anos e a empresa terá 36 meses para a realizar a troca dos 14 mil pontos de luz.

Conforme o secretário Silvio Pasin, o município não pagará para a empresa vencedora. “A contrapartida é a taxa de iluminação pública que a empresa seria isenta para fazer o serviço de manutenção e modernização do Parque de Iluminação do município”, afirmou.

O prefeito definiu como “um grande avanço para a comunidade, quando tratarmos de gestão e segurança. Estamos abrindo para a comunidade apresentarem projetos da gestão da iluminação público do município. A empresa entrega tecnologia e telegestão”, resumiu.

O projeto de Parceria Público-Privada foi apresentando em consultas públicas nas comunidades e também em audiência pública na Câmara de Vereadores.

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora