Penitenciária de Bento Gonçalves recebe primeira oficina de trabalho prisional

Nesta quinta-feira (17), a Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves iniciou a primeira atividade de trabalho prisional desde a sua inauguração, há pouco mais de duas semanas. As ações são fruto de um Protocolo de Ação Conjunta (PAC) firmado entre a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e a empresa Bonapel Embalagens Ltda.

Neste primeiro dia, houve a assinatura do termo de compromisso entre as partes e uma instrução inaugural aos presos. O trabalho que será desenvolvido nos pavilhões de trabalho é o da montagem de embalagens de papelão, para diversas finalidades. O PAC firmado possui previsão de 80 vagas de trabalho para os detentos.

O diretor da casa prisional, Edson Neves, frisou que é de grande importância o PAC para o tratamento penal e para a socialização dos apenados, observados os três pilares de manejo dos internos, que são: a educação prisional, o trabalho prisional e a assistência religiosa.

Já o diretor da empresa, Fernando Bonapel, afirmou que, além da parte que visa o ganho empresarial, a empresa possui como diretriz e dever também contribuir com a sociedade civil organizada, sendo o trabalho prisional um dos meios utilizados para isso.

Participaram da cerimônia o diretor do estabelecimento prisional, o diretor do Presídio Estadual de Bento Gonçalves, Volnei Zago e o empresário Fernando Bonapel.

 

Fonte: Imprensa Susepe