Pelo segundo ano consecutivo, UCS é a universidade mais inovadora do Brasil

Classificação, entre as comunitárias e privadas, foi obtida no Ranking Universitário Folha, que também aponta a instituição como a 6ª melhor do país no segmento e entre as dez melhores em ‘Pesquisa’ e ‘Ensino’

Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade de Caxias do Sul conquistou a condição de Universidade mais inovadora do Brasil entre as instituições comunitárias e privadas, conforme o Ranking Universitário Folha. A avaliação, uma das mais importantes do país sobre o Ensino Superior, foi divulgada nesta segunda, 7 de outubro, levando em conta, a exemplo das edições anteriores, cinco critérios com pesos distintos para a formulação da nota geral (veja tabela): Pesquisa Científica, Qualidade do Ensino, Mercado de Trabalho, Inovação e Internacionalização.

Além do 1º lugar nacional em ‘Inovação’, a UCS manteve posições de destaque obtidas nos últimos levantamentos, como o 6º lugar nacional no critério, conquistado ainda no ano passado, entre todas as 197 instituições analisadas, o que inclui as públicas (federais e estaduais)

Considerando-se apenas o segmento das 92 instituições comunitárias e privadas pesquisadas, a UCS também repetiu o 6º lugar nacional na classificação geral, pelo quarto ano seguido, e a presença entre as dez melhores do país nos itens ‘Pesquisa Científica’ e ‘Ensino’.

Em nível estadual, a UCS também, pelo segundo ano seguido, ficou em 1º lugar em ‘Inovação’ entre todas as instituições, a frente, portanto, das públicas. Na classificação geral, obteve a 6ª colocação. Entre as comunitárias e privadas, é a 3ª no geral, em ‘Ensino’ e ‘Mercado’.

COMO FUNCIONA

Criado em 2012, o Ranking Universitário é elaborado anualmente pelo jornal Folha de S.Paulo, classificando as universidades públicas (federais e estaduais) e as comunitárias ou privadas de todo o país a partir de uma nota geral, composta a partir das notas de cada um de seus cinco critérios. Por conseguinte, cada item tem sua própria classificação:

* Pesquisa Científica (42% da nota geral): avalia a excelência da pesquisa científica realizada pelas universidades em nove aspectos – total de publicações, total de citações, citações por publicação, publicações por docente, citações por docente, publicações em revistas nacionais, recursos recebidos pela instituição, professores bolsistas CNPq e teses defendidas por docente.

* Qualidade do Ensino (32% da nota geral): considera quatro componentes – opinião de docentes do ensino superior, percentual de professores com doutorado ou mestrado; proporção de professores em dedicação parcial ou integral; e desempenho do aluno calculado com base na nota do Enade – além de pesquisa Datafolha com mais de 2,1 mil docentes qualificados como avaliadores do MEC.

* Mercado de Trabalho (18% da nota geral): baseado em 6 mil entrevistas realizadas pelo Datafolha em 2017, 2018 e 2019 para obter a opinião de empregadores sobre preferências de contratação.

* Inovação (4% da nota geral): contabiliza o número de patentes pedidas pela universidade e quantidade de estudos realizados em parceria com o setor produtivo.

* Internacionalização (4% da nota geral): refere à média de citações internacionais recebidas pelos trabalhos dos docentes e ao percentual de publicações em parceria com pesquisadores estrangeiros no total de artigos acadêmicos publicados nos anos recentes.

Destaques da UCS no RUF:

Entre as 92 comunitárias e privadas

Brasil

6º lugar geral

1ª em Inovação

8ª em Pesquisa

9ª em Ensino

Rio Grande do Sul

3º lugar geral

1ª em Inovação

3ª em Ensino

3ª em Mercado

Entre as 197 universidades (incluindo públicas, federais e estaduais)

Brasil

6º lugar em Inovação

Rio Grande do Sul

6º lugar geral

1ª em Inovação

4ª em Mercado

 

 

Fonte: Área de Imprensa e Mídias Digitais

Foto: Aldo Toniazzo/acervo UCS