Paróquia São Pedro de Garibaldi conclui obra de restauro da Igreja Matriz

Depois de três anos de obras, a Igreja Matriz São Pedro de Garibaldi teve 90% de sua originalidade restaurada e está novamente disponível ao grande público. O dia 3 de dezembro de 2019 foi marcado pelo anúncio da finalização da obra de restauro. O trabalho teve início ainda em 13 de fevereiro de 2017.

A Paróquia São Pedro reuniu lideranças, como forma de prestação de contas e agradecimento a todos os envolvidos neste marco histórico. O evento reuniu 170 pessoas na Pousada dos Frades. Foi uma noite de emoção, resgate histórico, homenagens e muita gratidão.

A arquiteta responsável pelo restauro, Iris Schmitt, apresentou aos convidados o detalhamento e as etapas pelas quais o restauro passou, citando inclusive o resgate do projeto arquitetônico, que finalmente foi detalhado. Este, servirá inclusive para preservação futura da história e da obra do prédio. A equipe de execução foi a ARS Restauros, de Salvador do Sul, especializada em restauro de patrimônios religiosos.

Conforme o pároco, Frei Jadir Segala, “A Matriz São Pedro representa a visibilidade da Fé que nos foi legada pelos nossos pais. O investimento total está na casa de 2,6 milhões de reais, e foi assegurado por recursos da Paróquia e doações espontâneas.” Frei Jadir agradeceu a todos os apoiadores e envolvidos, de inúmeras formas, que permitiram chegarmos até aqui.

O evento contou com a presença do Provincial dos Capuchinhos, Frei Nilmar Gatto, que destacou em seu pronunciamento que um “sonho que sonha só, é só um sonho. Sonho que se sonha junto é realidade”, enaltecendo a coletividade desta obra liderada por Frei Jadir Segala. Os leigos foram representados pela fala de Éverson Paludo, presidente da equipe administrativa da Paróquia, que contou um pouco da trajetória, das decisões e do engajamento dos leigos nos projetos paroquiais.

O Bispo Dom José Gislon não pôde estar presente ao evento, mas enviou uma carta parabenizando a comunidade pela bela conquista. As palavras foram transmitidas por seu representante e conterrâneo de Garibaldi, Padre Joone Fachinelli. Padre Joone falou o quanto a entrega do Restauro eleva ainda mais seu orgulho por Garibaldi. “Esta entrega consolida a importância histórica da obra, em um Município que possui uma das mais belas Igrejas da Serra Gaúcha, representativa da fé e religiosidade do seu povo.”

O Prefeito Antônio Cettolin anunciou um presente para toda comunidade e região. O marco da inauguração da Igreja Matriz será um show com a Família Lima em Garibaldi. A iniciativa está sendo organizada juntamente com a empresa Tramontina, representada no evento pelos diretores Felisberto Moraes e Valdir Baú. O show será realizado no largo da Igreja Matriz, tendo como cenário a Igreja restaurada, no dia 06 de março de 2020, sexta-feira à noite. Também marcará a abertura da décima edição do Mês da Mulher de Garibaldi, congregando diversas empresas e entidades na iniciativa conjunta.

Detalhamento do Restauro

A ação inicial exigiu o estudo da verdadeira história da Igreja e suas nuances. Assim, foram descobertas as cores, texturas e desenhos originais e iniciou-se o trabalho de restauração. Primeiramente, foi restaurado o altar central e as abóbodas do altar, bem como suas paredes. Depois, foi recuperado o piso do altar que estava encoberto por um revestimento, em uma das reformas anteriores.

Em seguida, o restauro deu-se na nave central, nos forros e preparação das colunas, seguindo-se para a nave lateral direita e nave lateral esquerda, bem como os altares menores.

A iluminação e a sonorização foram idealizadas neste momento. As colunas internas receberam pintura marmorizada. Por último, foram recuperados os pisos originais em ladrilhos hidráulicos. A iluminação foi renovada, dando uma legibilidade de intervenção sem danificar em nada a construção, e foram adquiridos novos lustres.

As portas foram todas recuperadas e agora podem ser vistas em cor de madeira natural. Da mesma forma, houve a completa recuperação do telhado, repintado em sua cor original e consertado a fim de evitar infiltrações que possam danificar todo o trabalho.

Foi realizada, ainda, a pintura externa da Igreja. Todos os Santos, Via Sacra e outros importantes símbolos que se encontravam no interior da Igreja foram retirados a fim de preservá-los e recuperá-los. Os objetos já foram devolvidos aos seus lugares. Está em fase final a instalação da iluminação. O restante está plenamente concluído.

Passado e Presente: Igreja Matriz São Pedro

Em 18 de junho de 1920, um incêndio destruiu a velha igreja. O Pároco, João Fronchetti, envelhecido, não sentia forças para enfrentar o desafio de edificar nova igreja. Coube ao Frei Bruno de Gillonnay, com o título de Pró-Pároco, comandar a construção. A comunidade católica de Garibaldi e da região se mobilizou e o templo foi inaugurado em 15 de março de 1924. Foi a última obra de Frei Bruno, que em seguida regressou à França, sua terra natal.

Os Freis Miguel de Mollettes e Gentil de Caravaggio tiveram incumbência de pagar as dívidas, cerca de “600 contos”. A planta da igreja veio da França, com inspiração na Basílica de Lourdes. O engenheiro Agostinho Mazzini foi o responsável pela execução.

O estilo arquitetônico é neogótico. O templo, tendo em vista o precário material da época, teve que ser retocado várias vezes, para evitar seu progressivo deterioramento. A Igreja Matriz é o mais importante símbolo de religiosidade de Garibaldi. No dizer de Dom José Baréa, primeiro bispo de Caxias do Sul, “é o mais belo templo da região colonial italiana”.

Inserção no turismo regional

Diariamente, a Igreja Matriz São Pedro recebe turistas, que se encantam com sua história e beleza. Além da arquitetura com linhas neogóticas, destacam-se os vitrais coloridos, as pinturas murais, o altar artístico, a estatuária e seu imponente órgão de tubos.

A Igreja estará aberta à visitação diariamente das 7h30min às 17h. As missas acontecem de terça a sexta-feira às 18h, aos sábados às 17h, e domingos às 9h e 18h. É nela que integrantes das trinta Comunidades que fazem parte da Paróquia São Pedro de Garibaldi se reúnem para os momentos máximos de fé.

Destacam-se as Celebrações da Sexta-feira Santa (Paixão e Morte de Cristo), Sábado Santo (Ressurreição de Cristo), Corpus Christi (Festa do Corpo de Cristo) e de Natal, onde costumeiramente reúnem-se milhares de pessoas.

O Secretário de Turismo e Cultura de Garibaldi, Paulo Salvi, explica que a Matriz São Pedro faz parte do roteiro religioso Ae Ternum, que reúne os símbolos de religiosidade de Garibaldi. “A cada ano, Garibaldi posiciona-se como referência em turismo e temos orgulho em ter a Matriz São Pedro como um dos pontos altos.”

Fonte: Paróquia São Pedro

Fotos: Raquel Biondo