Operação Viagem Segura do Dia do Trabalho fiscaliza mais de 31 mil veículos

foto

Da zero hora da última sexta-feira (28) até a meia-noite da segunda (1º), a Viagem Segura do Dia do Trabalho contabilizou 31.180 veículos fiscalizados e 8.918 autuações por infrações diversas. Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar e Comando Rodoviário da Brigada Militar aplicaram 2.471 testes de etilômetro e flagraram 122 condutores sob o efeito de álcool. Desses, 57 foram enquadrados em crime de trânsito (46,7%), por terem resultado igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar no teste do etilômetro, e responderão por isso na esfera administrativa e judicial. Outros 70 foram autuados por recusa a fazer o teste e também foram retirados de circulação. Nesta 73ª Operação, as polícias recolheram 738 veículos e 177 CNHs em situação irregular.

Os órgãos de fiscalização registraram 164 acidentes no trânsito gaúcho, que resultaram em 129 pessoas feridas e 13 mortes nos quatro dias de Viagem Segura (média de 3,25/dia). Na Operação do Dia do Trabalho do ano passado, foram 11 mortes em três dias (média de 3,66), considerando apenas as que ocorrem durante a operação.

A Megablitz abordou na saída do feriadão, em Porto Alegre, 142 condutores, resultando no registro de 37 infrações, sendo dez por dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa (art. 165 do CTB). Essa ação soma os esforços da Polícia Civil e dos agentes da Balada Segura à fiscalização da Viagem Segura.

Balanço das três últimas Operações

O último mês teve três edições consecutivas da Viagem Segura – Páscoa, Tiradentes e Dia do Trabalho. As operações integradas fiscalizaram 102.741 veículos, registraram 29.787 infrações e retiraram de circulação 660 condutores embriagados ou que apresentaram visíveis sinais de alteração da capacidade psicomotora (incluindo as recusas ao teste do etilômetro).

Vinte e nove pessoas perderam a vida nas rodovias e vias municipais do Estado nos três feriadões que, juntos, somaram 12 dias de fiscalização intensiva. Contabilizadas as mortes durante o período da operação, a média das três últimas edições é de 2,42 vítimas fatais por dia.

Sobre a Viagem Segura

Nas 73 edições já realizadas até o momento, mais de 4,8 milhões de veículos foram fiscalizados. O resultado foi a autuação de 813,9 mil infrações, o recolhimento de mais de 78,3 mil veículos e 21,1 mil Carteiras Nacionais de Habilitação. Foram aplicados 162,6 mil testes de etilômetro, que registraram 14,5 mil infrações por alcoolemia, além das 1.429 autuações por recusa.