ONG resgata animal sob maus tratos no Aparecida em Bento

2a68f0f1-8d51-4125-a7c5-b2ee3e08dfe6

Uma mulher de 52 anos, representante da Organização Não Governamental (ONG), Grãozinho de Areia, que luta contra os maus tratos aos animais, registrou uma ocorrência na DPPA de Bento Gonçalves na tarde do último dia 10 de setembro, com relação a um cachorro que vivia sobre maus tratos em uma residência no bairro Aparecida.

Segundo informações do Boletim de Ocorrências, o proprietário do animal, mantinha o cachorro acorrentado e sem alimentação adequada. Por conta disso a ONG recebeu várias denúncias via página na rede social Facebook sobre o caso, que já durava meses.

No último dia 6, a mulher em companhia de outra defensora foi até o endereço citado nas denúncias e encontrou o animal acorrentado em frente a residência. O cachorro foi então resgatado e encaminhado a um veterinário, que o diagnosticou com desidratação e uma anemia profunda, além de estar tomado por carrapatos e com costelas fraturadas sendo necessária uma transfusão de sangue.

A mulher informa ainda na ocorrência que ninguém estava em casa no momento do resgate e que até agora o proprietário não se manifestou. A ONG atende diversos casos de maus tratos a animais todos os dias e outros Boletins de Ocorrência já foram registrados contra proprietários de outros animais.