Observatório turístico de enfrentamento a covid-19 apresenta resultados do monitoramento em Bento

Os resultados parciais do monitoramento do Observatório turístico de enfrentamento a Covid-19 de Bento Gonçalves foram apresentados nesta quarta-feira, 13, durante a live “Quartas do Turismo”.

A explanação foi realizada pelo secretário municipal de Turismo, Rodrigo Ferri Parisotto, e pela coordenadora do projeto, a professora do IFRS – Campus Bento Hernanda Tonini, que possui graduação em Turismo – Gestão Hoteleira, MBA em Gestão Empresarial, mestrado em Turismo e doutorado em Desenvolvimento Rural.

O estudo teve início com o diagnóstico de março a junho de 2020, contando com uma amostra de 136 empreendimentos com Alvará Turístico, sendo 80 estabelecimentos certificados com o selo “Ambiente Limpo e Seguro”, e 56 sem a certificação.

A grande maioria dos respondentes, o correspondente a 76%, são restaurantes e afins (41%), vinícolas (18%) e hospedagens (17%), localizados nos roteiros turísticos Vale do Rio das Antas, Caminhos de Pedra, Cantinas Históricas, Vale dos Vinhedos e Encantos de Eulália, e na área urbana de Bento Gonçalves.

Dentre as medidas preventivas ao Covid-19 adotadas pelos empreendimentos, de forma quase unânime, estão: ações de higienização; disponibilização de álcool gel no estabelecimento; disponibilização de produtos de higiene e limpeza nos ambientes; repasse de informações aos funcionários; entrega de EPI’s aos funcionários; uso de ventilação natural e exposição de cartazes informativos.

Em um segundo momento foram apresentados os dados referentes ao monitoramento do mês de julho (quatro semanas), sendo coletados semanalmente mediante formulário online. Durante o período, foram 363 participantes do levantamento, em torno de 90 empreendimentos semanalmente.

De acordo com o estudo, 1% das empresas indicaram a presença de visitantes/turistas com sintomas ou confirmados com a Covid-19. O procedimento adotado foi o encaminhamento para atendimento médico (UPA 24h ou particular).

Relacionado a colaboradores com sintomas (suspeitos) de Covid-19, o número também equivale a 1% das respostas obtidas no mês de julho. O procedimento adotado foi o encaminhamento para atendimento médico (UPA 24h ou particular) e o afastamento por 14 dias.

Outro dado levantado foi número de funcionários/colaboradores que estiveram em contato com alguém com covid-19 ou suspeito, o que foi equivalente a 3%. O procedimento adotado foi o encaminhamento para atendimento médico (UPA 24h ou particular) e o afastamento por 14 dias.

“Este estudo inédito certamente nos mostra o quanto as ações de contenção da disseminação na prática funcionam. O trade turístico de Bento tem estado muito comprometido com o protocolo de segurança e é isso que faz a diferença. Cada um fazendo sua parte, poderemos superar esta pandemia”, ressaltou Parisotto.

Além disso, foram realizados 99 testes nos estabelecimentos turísticos, sendo constatado 5 casos confirmados, o que corresponde a 5%. Nenhum colaborador/proprietário foi hospitalizado ou veio a óbito por COVID-19 durante o período.

“Os dados da amostra do mês de julho indicam que o número de suspeitos ou pessoas com Covid-19 é baixo no setor turístico da cidade, não existindo relação direta com a evolução de casos. Um dos aspectos que pode fazer diferença está relacionado ao comprometimento dos estabelecimentos ao adotarem protocolos de higiene e segurança mais rígidos por meio do selo Ambiente Limpo e Seguro”, explicou Hernanda.

Observatório turístico de enfrentamento a Covid-19

O Observatório Turístico de Enfrentamento à Covid-19 foi instituído em uma articulação do Comitê Pró-Turismo Bento com seis instituições de ensino superior: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RS (IFRS) – Campus Bento Gonçalves e Porto Alegre, Centro Universitário Cenecista de Bento Gonçalves (UNICNEC), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES) e Universidade de Caxias do Sul (UCS). É formado por uma equipe multidisciplinar, composta por onze pesquisadores com experiência.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura

Foto: Reprodução