MP poderá arquivar denúncia de irregularidade em concurso da Prefeitura de Bento

prefeitura (3)

Gabarito transmitido por participante não teria sido o mesmo da prova, aponta análise inicial

Um dia depois de receber denúncia no Ministério Público (MP) de Bento Gonçalves, de suposta irregularidade na realização do Concurso Público 03/2018, para o cargo de técnico de enfermagem, por vazamento de gabarito, o promotor de justiça Alécio Silveira Nogueira ouviu duas pessoas. Uma delas que seria a responsável pela divulgação do gabarito antes do site oficial da Fundação La Salle e outra, quem teria repassado.

A representação efetuada no MP, da prova realizada no dia 14 de outubro, motivou uma coleta inicial de informações preliminares. Nogueira ouviu as pessoas indicadas que foram espontaneamente até a Promotoria.

“Elas disseram que o gabarito que foi transmitido não foi o gabarito da prova, que foi divulgado depois, foi a análise do cursinho que uma delas participa, a partir do caderno de questões que os alunos podiam pegar 2h depois da prova, e a partir disso um professor corrigiu as questões”, disse.

Conforme Alécio, são duas fotos de WhatsApp, uma com o gabarito a mão colhido em um grupo on line para estudar para o concurso, que teria sido fornecido pela professora após a análise do caderno de respostas, quando passava das 15h, sendo que a prova teria terminado 13h30min. Outra, com o gabarito oficial da Fundação responsável.

O promotor ainda não concluiu as avaliações iniciais, pois pretende ainda ouvir melhor o vereador para ver se ainda há uma nova prova e até mesmo a professora do cursinho.

O vereador Moacir Camerini (PDT) informou que “quando se recebem denúncias não se pode omitir. O importante é encaminhar para o MP toda e qualquer situação que se possa fazer uma investigação. Estou também juntando mais alguns depoimentos e situações que estão chegando”, comentou.

O MP antes de instaurar qualquer inquérito civil, tem 120 dias para análises. “Neste momento temos uma mensagem suspeita e ouvimos pessoas relacionadas que explicaram como aquilo foi acontecer. Vamos ver se tem novos elementos, neste momento faltam alguns passos, se confirmar esta linha e informação que temos a tendência é o arquivamento”, finalizou o promotor.

A Prefeitura de Bento Gonçalves divulgou uma nota oficial ainda na segunda-feira.

 

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora