Movergs divulga comunicado sobre adiamento da Movelsul 2020

Na tarde desta sexta-feira, 13 de março, o presidente da Movergs, Rogério Francio, manifestou-se a respeito do adiamento da Movelsul 2020. Segue abaixo:

“A Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs), entidade máxima do setor no Estado e que representa cerca de 2,6 mil empresas moveleiras, solidariza-se com a diretoria e o conselho do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis), organizador da Movelsul 2020, na tomada de decisão de adiamento da maior feira de móveis da América Latina para o lojista e importador em virtude do surto de Coronavírus. Importante ressaltar que a decisão parte da organização da feira em conjunto com os órgãos públicos de saúde da cidade e também com base em decreto publicado pelo Governo do Estado nesta quinta-feira, 12 de março, com o objetivo de preservar a saúde de expositores, visitantes, importadores, prestadores de serviço e comunidade em geral. Trata-se de uma decisão difícil, mas necessária e acertada, visto que a disseminação do vírus acontece em escala global e não se pode abrir mão de cuidados com milhares de pessoas que estarão envolvidas no evento. A Movergs considera um cenário crítico, visto que uma possível vacina poderá ser distribuída apenas em quatro ou seis meses. O setor moveleiro não pode ainda prever os impactos no sistema industrial e em toda a cadeia de suprimentos das indústrias, mas, sem dúvida gera grande incerteza”.

 

Fonte: Movergs