Motoristas seguem os protestos contra o aumento de combustíveis em Bento

cea56d85-57a1-4697-bcc5-bc6afe552a84

Os protestos contra os sucessivos aumentos no diesel e na gasolina em refinarias de todo o país, seguem pelo segundo dia consecutivo em Bento Gonçalves e cidades da região. Nesta quarta-feira, dia 23, motoristas de vans, micro-ônibus – que haviam protestado também no dia anterior – e taxistas, se juntaram aos caminhoneiros. Na terça, houve ainda o protesto dos motoristas de aplicativos se concentraram na região do bairro Fenavinho.

Após se concentrarem em um posto de combustíveis às margens da BR-470, motoristas de vans e micro ônibus, de Bento Gonçalves, realizaram um percurso por diversas ruas do município, na manhã desta quarta-feira, dia 23. Os motoristas trafegaram pelas principais ruas da cidade realizando um buzinaço. O protesto causou lentidão e pontos de congestionamento em alguns trechos.

Já os taxistas, se concentram junto dos caminhoneiros na BR-470, em frente ao Posto do Avião, em Garibaldi. Os atos são acompanhados pela PRF. No local o trânsito é lento, mas não há bloqueios neste momento.

Em resposta aos protestos, a Petrobras anunciou nesta manhã, a redução nos preços da gasolina e do diesel nas refinarias. A partir desta quinta, o preço da gasolina cairá 0,62% e custará R$ 2,0306 o litro. O preço do diesel terá redução de 1,15% e passará a custar R$ 2,3083, de acordo com a estatal.