Morre em Pinto Bandeira Darcy Loss Luzzatto, o pai do Talian na região

Morreu na madrugada desta segunda-feira, dia 18, na cidade de Pinto Bandeira, o professor, escritor, editor, tradutor e conferencista, Darcy Loss Luzzatto, aos 85 anos. Considerado o pai da Talian na região, Luzzato é autor de diversas obras sobre a Língua Talian, dentre elas, o Dicionário Português Talian.

O velório ocorre na Capela da Paz, em Pinto Bandeira com limite de pessoas pré estabelecido. É necessário o uso de máscara para acessar o local. Haverá despedida com cerimonial as 19h30min no Crematório São José em Caxias do Sul.

Sobre Darcy Loss Luzzatto

Graduado em Matemática na Faculdade de Filosofia da PUCRS, foi professor de Matemática e Física no Colégio N. Sra. do Rosário, tendo também lecionado nos colégios Júlio de Castilhos, Concórdia e na Escola Parobé. Co-autor de diversos compêndios de ensino da Física, encerrou a carreira no magistério em 1977, no Curso Pré-Vestibular Mauá, para dedicar-se integralmente à editora que já dirigia e havia fundado em 1967.

A título de hobby, em 1984, na tentativa de resgatar a língua materna, o talian, comecou a escrever o que viria a ser a série de livros bilíngues (talian/português), iniciada com o Ghen’avemo fato arquante…(1985). Seguiram-se: ’L mio paese l’è cossì! (1987), Ostregheta, semo drio deventar vècii! (1989), Stòrie dela nostra gente (1991) e El nostro parlar 1993).

Depois seguiram-se o Talian (Vêneto-Brasileiro): Noções de gramática, história & cultura (1994), Talian sem Mestre (1997) e o Dissionàrio Talian-Portoghese (2000). Em 2010, com o patrocínio da Prefeitura de Serafina Corrêa, foi lançado o Dicionário Português/Talian, obra com quase 40.000 verbetes. Ainda na área da cultura taliana, tem dois livros aguardando publicação: Almanaque Talian e Sabedoria Popular – Provérbios & Expressões dos Imigrantes Italianos.

Além dessas obras, publicou dois livros de culinária: Culinária da Imigração Italiana (1ª ed. 2002/2ª ed. revista e ampliada 2005), e Comidas que gosto de fazer e de comer (2003). Ainda na área da culinária tem, prontos para publicação: Culinária Trentina, Sabores de Itália, vols. 1, 2 e 3, e, em co-autoria com Fernanda Dora Luzzatto, Condimentos, molhos & truques na cozinha.

De 7 a 9 de março de 2006, participou como palestrante, representando os falantes do talian, no Seminário sobre a criação do Livro das Línguas, em Brasília. Há vários anos participa, como palestrante-convidado, dos Encontros dos Radialistas Divulgadores do Talian no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Atualmente vive em Pinto Bandeira, sua terra natal.

Foto: Arquivo pessoal