Morador de Garibaldi conduzia carreta flagrada na maior apreensão de maconha do Brasil

Uma operação em conjunto da Polícia Federal de Ponta Porã e da delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Dourados realizou nesta terça-feira (20) a maior apreensão de maconha do Brasil em todos os tempos.

São 28 toneladas da droga que estavam sendo levadas para a cidade de São Leopoldo no Rio Grande do Sul. A apreensão aconteceu na rodovia MS 295 entre os municípios de Iguatemi e Tacuru na fronteira com o Paraguai de onde saiu a maconha.

Os policiais estavam em uma barreira quando abordaram o condutor de uma carreta Volvo com placas JAK 1C49 de Pelotas, no Rio Grande do Sul e perceberam e sentiram o cheiro da droga. A carreta estava carregada com milho a granel e em meio a carga centenas de fardos de maconha que pesaram 28 toneladas e 20 quilos da droga se tornando a maior apreensão individual da história policial brasileira.

Segundo informações o motorista e dono da carreta de 38 anos, morador em Garibaldi, disse que levaria a maconha para São Leopoldo e a nota de transporte de milho tinha como destino Farroupilha.

Somente seis toneladas de milho foram retiradas da carreta que deveria transportar 40 toneladas de grãos.
A carreta com a carga recorde de maconha foi levada para a Polícia Federal de Ponta Porã onde o condutor foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora com informações da PRF