Mobilização em Bento busca inclusão da “Rodovia da Serra” no orçamento federal de 2019

Lideranças políticas e empresariais de Bento Gonçalves e municípios vizinhos, estiveram reunidos em um encontro-almoço realizado no Restaurante Dom Pepe, nesta quarta-feira, dia 24, para tratar da “Rodovia da Serra”.  Trata-se da busca de extensão da BR-448 (Rodovia do Parque) entre Esteio e o município de Portão. A proposta visa a pavimentação de 17km, o que permitiria aos condutores da Serra não ingressar na BR-116, no deslocamento até Porto Alegre.

Na oportunidade o deputado federal reeleito Jerônimo Goergen (PP), entregou uma cópia da emenda parlamentar do prolongamento a um dos idealizadores do projeto, empresário e médico Jaime Farina, juntamente com autoridades, como o prefeito Guilherme Pasin (PP), vereadores e apoiadores do projeto, a qual estará sendo protocolada na Bancada Gaúcha.

A Câmara Federal deverá votar até 31 deste mês as prioridades e dentre elas, projetos de relevância para que entrem na LOA – 2019 – Lei Orçamentária Anual. O investimento para o prolongamento é estimado em R$ 1 bilhão, sendo executado por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit).

“Hoje não tem como viabilizar recurso porque o projeto não existe, por isto a aprovação da emenda coloca o projeto no Orçamento da União, daí sim podemos buscar recursos para o projeto executivo, ambiental, enfim, é um longo trâmite”, afirmou o deputado.

Jaime Farina, que desde 2010 crê nesta bandeira, destacou que “o foco é fazer uma grande mobilização da região para convencer os deputados da importância desta estrada”, comentou.

O prefeito Guilherme Pasin define como ” a busca de um sonho, estamos mobilizados para fazer com que isto saia do papel”.

A implantação da “Rodovia da Serra” servirá 1,2 milhão de pessoas, no escoamento da produção de bens para o porto de Rio Grande e o restante do Estado.

A mobilização tem o apoio da CICs Serra (Associação das Entidades Representativas da Classe Empresarial da Serra Gaúcha), CIC de Bento Gonçalves, Famurs (Federação das Associações dos Municípios do RS), SEGH – Sindicato Empresarial da Gastronomia e Hotelaria Região Uva e Vinho – entre outras entidades.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora