Mais de 800 empresas foram abertas em Bento no ano de 2017

cresicimento

Bento Gonçalves vem se consolidando como a capital do empreendedorismo. Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico registraram em 2017 a abertura de 804 empresas, um aumento de 27% em relação a 2016. Destes novos empreendimentos, 622 são do ramo de serviços, 108 do comércio, 59 de comércio e serviços, 12 de indústrias e serviços, cinco registros de trabalhadores autônomos e uma de outro segmento.

O secretário da pasta, Sílvio Bertolini Pasin destaca que o grande número de empreendimentos instalados no Município também é resultado do trabalho desenvolvido pela Sala do Empreendedor. “O local conta com uma assessoria gratuita que visa desburocratizar o processo de constituição de novas empresas, atendendo todas as necessidades dos empresários da cidade”.

Com uma equipe formada por servidores das áreas de desenvolvimento econômico, meio ambiente, vigilância sanitária, finanças, IPURB e JucisRS, a Sala do Empreendedor é um espaço onde o contribuinte pode encaminhar toda a documentação pertinente à abertura, alteração e regularização da empresa. Somente em 2017, o local atendeu 16.802 processos, uma média de 1,4 mil atendimentos mensais.

Outro fator relevante é o fomento da implantação dos empreendimentos pela Lei de Incentivo, Lei Municipal 6.012/15 que visa à implementação e ampliação de empresas e estimula a expansão de empreendimentos industriais, comerciais, prestadores de serviços, agroindústria, turismo, lazer e entretenimento já existentes no município, por meio da concessão de benefícios de ordem econômico-financeira. Em 2017, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (Condebento) aprovou sete projetos de implantação de empresas, beneficiados pela lei.

Já o escritório regional da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS), que atua no município a fim de dinamizar os processos de abertura e liberação de documentos de empresas, convênio com o Estado, alterações e extinções de empresas já formalizadas, atendeu mais de 1,8 mil pessoas entre contadores e público em geral.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Foto: Reprodução/Internet