Mais de 10 toneladas de resíduos eletrônicos recolhidas no primeiro Desafio Sustentável do IFRS

Visando estimular a cooperação entre estudantes e servidores, o descarte correto e a consciência ambiental, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) realizou a primeira edição do Desafio Sustentável. A iniciativa ocorreu em junho, mês em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. O resultado, divulgado nesta terça-feira, 2 de julho de 2019, foi muito além das expectativas da comissão organizadora: mais de 10,6 toneladas de resíduos eletrônicos arrecadadas.

Foram 11 unidades participantes, de dez diferentes municípios gaúchos (veja abaixo). Os materiais recolhidos estão sendo encaminhados para cooperativas ou pontos de coleta públicos nos municípios. A equipe vencedora foi a do Campus Viamão, que chegou a 3.380 quilos de materiais eletrônicos e receberá uma premiação simbólica: um troféu produzido pelo projeto de extensão “E-lixo: da conscientização ao descarte ambientalmente correto”, desenvolvido no Campus Sertão do IFRS. No projeto, sucata eletrônica doada em mutirões é utilizada na elaboração de artefatos de arte.

A professora do Campus Viamão Josiane Krebs elogia o envolvimento dos alunos e destaca aprendizados proporcionados pela experiência: “O resultado só foi possível pelo protagonismo dos nossos estudantes, que transformaram o desafio numa grande experiência pedagógica, trabalhando de forma integrada, planejando e organizando as atividades, gerenciando conflitos e promovendo uma intensa troca de conhecimentos entre os eixos ambiental e de gestão e negócios”.

Josiane salientou ainda que foi uma oportunidade para alunos e servidores refletirem sobre a responsabilidade de cada um na destinação correta dos resíduos e na preservação ambiental. “Para finalizar, diria que esse desafio nos aproximou da comunidade e nos trouxe muita diversão e motivação para encerrarmos o semestre, e ainda abriu portas para futuros projetos e parcerias.”

O Desafio Sustentável foi uma iniciativa do Departamento de Comunicação do IFRS e da Pró-reitoria de Extensão, e nos campi ficou sob a coordenação dos Departamentos/Setores de Extensão.

Confira a arrecadação em cada campus participante:
Campus Viamão – 3.380 quilos
Campus Ibirubá (foto em destaque) – 3.341,5 quilos
Campus Sertão – 1.545 quilos
Campus Porto Alegre – 1.416 quilos
Campus Bento Gonçalves – 262 quilos
Campus Rio Grande – 224,2 quilos
Reitoria – 145 quilos
Campus Canoas – 137 quilos
Campus Rolante – 100 quilos
Campus Farroupilha – 88 quilos
Campus Alvorada – 12,6 quilos

Você conhece o IFRS?
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) oferece cursos gratuitos em 16 municípios do Rio Grande do Sul. São cursos de nível médio (técnicos que podem ser cursados de forma integrada, concomitante e subsequente ao Ensino Médio), superiores (de graduação e pós-graduação) e de extensão. O IFRS é uma instituição federal de ensino público e gratuito.

As unidades do Instituto são: Campus Alvorada, Campus Bento Gonçalves, Campus Canoas, Campus Caxias do Sul, Campus Erechim, Campus Farroupilha, Campus Feliz, Campus Ibirubá, Campus Osório, Campus Porto Alegre, Campus Restinga (Porto Alegre), Campus Rio Grande, Campus Rolante, Campus Sertão, Campus Vacaria, Campus Veranópolis e Campus Viamão. A Reitoria está localizada no município de Bento Gonçalves.

No total, são cerca de 22 mil alunos e 200 opções de cursos. Mais informações no site www.ifrs.edu.br.

 

Fonte: IFRS