Liga de Combate ao Câncer de Bento intensifica agenda de sensibilização contra o tabaco

Liga foto 3

No mês dedicado a sensibilizar a comunidade sobre os malefícios do vício de fumar, estimulando as pessoas a abandonarem de vez o cigarro, a Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves coloca em prática uma intensa agenda de ações com a intenção de conscientizar os fumantes a adotarem hábitos de vida mais saudáveis.

Depois de uma série de palestras em empresas e junto à comunidade desde o início do mês, a equipe realiza uma blitz neste sábado, dia 13. A ação está programada para ocorrer em pontos da região central da cidade, na parte da manhã. Nesse momento especial de interação com as pessoas, a Liga quer alertar acerca dos malefícios do fumo e sua correlação com uma série de doenças – mais de 50 enfermidades, entre elas o câncer. “Nossos esforços estão concentrados em quatro focos: conscientizar sobre os malefícios do tabaco; corrigir o fator de risco, que é o vício de fumar, evitar a iniciação, e incentivar as políticas de combate ao tabagismo. Diante desse propósito, a informação e a sensibilização das pessoas, de forma combinada, são estratégias muito eficientes”, diz Maria Lúcia.

As ações prosseguem durante todo o mês, ganhando foco nas instituições de ensino a partir do dia 15, quando a visita da Liga será na Ftec. Depois, a entidade passa pela UCS, no dia 17; pelo CNEC, no dia 22; e pela FSG, nos dias 24 e 29. Além da distribuição de panfletos educativos, haverá medição dos níveis de monóxido de carbono nos ambientes das faculdades, sempre entre 18h30min e 19h45min.

Um dos destaques preparados para esse mês é a agenda de trabalho que ocorre em Bento Gonçalves nos dias 18, 19 e 20, com a presença de renomados especialistas nacionais em pneumologia e tisiologia. Os doutores José Miguel Chatkin, presidente Eleito da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia para o biênio 2019-20; e Luiz Carlos Correa da Silva, Membro Titular da Academia Sul-Rio Grandense de Medicina e membro da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, participam de encontros de troca de informações e apresentação de dados e novidades em tratamentos médicos no segmento, promovendo a atualização de conhecimentos.

Essas atividades, assim como as palestras agendadas em empresas e escolas, fazem parte do Dia do Basta, chamamento criado pela Liga a fim de conscientizar sobre os malefícios do vício no cigarro. A mobilização culmina em 31 de maio, convencionado como Dia Mundial sem Tabaco. Hoje, estima-se que 6 milhões de pessoas morram por ano em decorrência do tabagismo, fator de risco para cerca de 50 doenças, muitas associadas a diversos tipos de câncer.

Fonte: Exata Comunicação