“Leão de San Marco” é inaugurado em Monte Belo

Esta sexta-feira, 15, registrou um momento especial para a comunidade de Monte Belo do Sul. Isto porque foi realizada a cerimônia de inauguração da obra de arte Leão de San Marco, dentro das comemorações do aniversário de 150 anos da Imigração Ítalo-Veneta no Rio Grande do Sul.

O ato aconteceu na Piazza Schiavon, associando o gemellagio entre o município e Schiavon, na Itália (que já dura 17 anos). O Leão é considerado o símbolo da República de Veneza e reforça a importância do povo vêneto.

Participaram o prefeito de Monte Belo, Adenir Dallé, secretário de Turismo e Cultura, Álvaro Manzoni, demais Secretários Municipais, o presidente da Câmara de Vereadores, Nilso Cavaleri, outros parlamentares, a secretária estadual da Cultura, Beatriz Araújo, representando o governador Eduardo Leite, o presidente do COMVERS – Comitato Vêneto do Estado do Rio Grande do Sul -, Luciano Vencato Gastaldo, bem como representantes da Associação Fratelli Di Cuore, do Centro de Tradições Italianas, demais personalidades de entidades e membros da sociedade local.

O projeto denominado “25 Leoni di San Marco”, inaugura as obras por etapas, sendo cinco de forma inicial. A primeira delas aconteceu no Vale Vêneto, distrito turístico de São João do Polêsine, 4ª colônia da imigração.
Monte Belo foi a segunda cidade, integrando a 1ª colônia. Estão previstas ainda inaugurações em Jaguari, dia 2 de dezembro, 5ª colônia; Nova Prata, 10 de dezembro e Arvorezinha, dia 11 do mesmo mês.

Depois do protocolo oficial, os participantes dirigiram-se até a Praça Padre José Ferlin, onde puderam acompanhar as primeiras programações do Vieni Vivere La Vita – Festival 2ª edição.

Clique para ampliar as demais imagens:

Fonte e fotos: Felipe Machado – Central de Jornalismo da Difusora