Lago da Fasolo é pauta de reunião na Prefeitura, em Bento

Nesta quinta-feira, 21, foi realizada uma reunião sobre a situação do Lago Fasolo. Estiveram presentes os secretários de Governo, Henrique Nuncio, de Meio Ambiente, Claudiomiro Dias, subprocurador, Gustavo Schramm,  diretor do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPURB), Heitor Tartaro e a adjunta, Melissa Bertoletti.

Desde 2004, o Ministério Público instaurou um inquérito cívil para investigar a situação da poluição, na área particular. Em 2013, foi definido a Corsan como responsável para prosseguimento na ligação de esgoto das residências. O IPURB, e a SMMAM, auxiliaram no levantamento de todos os imóveis que há necessidade de ligação, e apresentaram a empresa.

A companhia apresentou um projeto à prefeitura, para que fosse executado com recursos do Fundo Municipal de Gestão Compartilhada, a qual já foi aprovado para execução. Entretanto, não teve prosseguimento por se tratar de uma área privada.

Conforme o secretário Henrique Nuncio “tivemos uma reunião com a equipe técnica para tratar sobre o assunto. Vamos notificar a empresa para que se manifestem sobre o andamento do projeto aprovado. Também entraremos em contato com o Ministério Público para que possamos em conjunto buscar uma solução para que estas famílias, tenham um andamento nesse processo”, destaca.

No dia 13 de janeiro, o Ministério Público notificou a Corsan para que informe sobre o andamento do projeto no entorno do Lago

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Prefeitura de Bento Gonçalves
Foto: Emanuele Nicola/Divulgação