Intersindical de Bento divulga nota de repúdio, após sanção da Reforma Trabalhista

IMG_3604

O Fórum Intersindical de Bento Gonçalves, composto por entidades que representam os trabalhadores nas mais diversas categorias, divulgou uma nota de repúdio, depois da sanção da Reforma Trabalhista pelo Governo Temer.

Confira a nota:

Nota de Repúdio

A intersindical de Bento Gonçalves vem através desta nota, repudiar a aprovação da Reforma Trabalhista que foi aprovada pelo Senado Federal no dia 11 de Julho de 2017. Para nós este ato foi à revogação da Lei Áurea, rasgaram a CLT, retiraram Direitos dos Trabalhadores conquistados com muita luta em detrimento aos setores financeiros e aos poderosos deste país, aniquilando a Justiça do Trabalho e o Ministério do Trabalho, os Sindicatos, Trabalhadores e toda a população em geral, que sofrerão as consequências deste golpe contra os Trabalhadores.

Por isso, não concordamos com o negociado sobre o legislado, trabalho intermitente, carga horária de 12 horas, trabalho da gestante em local insalubre, a não assistência do sindicato nas homologações, intervalo de almoço de 30 minutos entre outros pontos prejudiciais aos trabalhadores.

Também, queremos demonstrar nosso repúdio ao Senador Lasier Martins e a Senadora Ana Amélia Lemos, que votaram a favor da reforma e contra os trabalhadores em apoio ao grande capital. Nós como Entidade que representamos os Trabalhadores, não podemos ficar calado com tantas atrocidades que estão fazendo contra as classes mais desfavorecidas deste país.

Intersindical de Bento Gonçalves
NENHUM DIREITO A MENOS

 

A Intersindical é composta pelo STIMMME – Sindicado dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves -, SEC-BG – Sindicato dos Empregados do Comércio, Sitracom/BG – Sindicato dos Trabalhadores na Construção e no Mobiliário -, STIALIM – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação -, Sindiserp/BG – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Cpers/Sindicato (Sindicato dos Professores 12º Núcleo).

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora