Indústria 4.0 é debatida no SIMMME em Bento

222d646d-c615-4b2f-b7d9-e75d49a175e7

Foi realizado na manhã desta sexta-feira (10) em Bento Gonçalves o evento  Café Produtivo do Arranjo Produtivo Local Metalmecânico e Automotivo da Serra Gaúcha (APLMMeA). Esta foi uma  edição especial do  mês de agosto, em Bento Gonçalves. Trata-se de uma ação que foi realizada em conjunto com o  SIMMME – Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves. O tema da palestra foi  “O que você entende sobre indústria 4.0?”, com Alex Etevaldo da Silva, que abordou a necessidade das indústrias se qualificarem para aumentarem a sua produtividade. “Não só em termos de Brasil, em termos de mundo houve uma queda na produção da indústria. E assim como foi revolucionário o uso de tecnologias, como a internet, é chegado o momento do mercado se reinventar, fazer uma nova revolução”, destacou.

Alex Etevaldo da Silva é diretor de qualidade e confiabilidade do produto na Marcopolo, de Caxias do Sul. Engenheiro mecânico com MBA em Finanças, tem experiência de mais de 20 anos em empresas multinacionais e conhecimento em Lean, Operações e Engenharia.

Segundo o presidente  APLMMeA, Ubiratan Rezler, o objetivo destes encontros  é oportunizar um ambiente que contribua para a troca de experiências entre associados e entidades parceiras que constituem o Arranjo, além de estimular o networking e a geração de negócios. Também permite aos associados acompanhar as ações do APL e conhecer mais sobre os benefícios da associação. “Estamos muito felizes em estar de volta a Bento Gonçalves e é importante destacar que apesar da situação política e econômica do país, a qual nos deixa em grande expectativa, até por estarmos em um ano de Eleição, a indústria não pode parar. E qualificação e aprimoramento constante são chaves para o sucesso”, finalizou.