Indivíduo suspeito de matar uma pessoa e deixar outras três feridas em Bento é preso na cidade de Barão

Um homem de 32 anos, suspeito de um homicídio consumado e outras três tentativas de homicídio, ocorridas na madrugada do dia 1º de agosto, no bairro Pomarosa em Bento Gonçalves, foi preso na última sexta-feira, dia 6, na cidade de Barão.

Conforme boletim de ocorrência, registrado na Delegacia de Polícia de Barão, a prisão do mesmo ocorreu em diligências de um soldado da Brigada Militar e um inspetor da Polícia Civil locais, após o primeiro colher informações a cerca da presença do procurado na cidade. O soldado da BM obteve informações de que um suspeito de envolvimento em homicídio e tentativas de homicídio em Bento estaria se escondendo na cidade de Barão, iniciou algumas investigações, apurando o local em que o criminoso estaria.

De posse desses dados informou a Polícia Civil, que na última sexta-feira, durante diligência do inspetor, juntamente do soldado, acabou prendendo o mesmo em frente a uma residência, localizada na Rua Eliseo Bavaresco, bairro Barão Velho. No momento da prisão o suspeito, em ato repentino, jogou contra o chão o aparelho celular que estava em sua posse. Após, ele foi apresentado na DP de Barão e em seguida encaminhado por agentes da Polícia Civil de Bento para a DPPA e posterior à Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves.

O indivíduo é suspeito da morte de Arleides Paulo de Ramos, 45 anos, e de ferir a tiros outras três pessoas, sendo um homem, 30 anos, e duas mulheres, de 23 anos, respectivamente, na madrugada do dia 1º de agosto, no bairro Pomarosa, em Bento. De acordo com as vítimas, um veículo de cor vermelha passou pelo local efetuando disparos contra as mesmas que estavam em via pública.

Central de Jornalismo / Unidade Móvel Difusora

(KPJ)