Indivíduo é preso por homicídio seguido de esquartejamento em Caxias

Um indivíduo de 20 anos foi preso pela Polícia Civil, por meio da DPHPP de Caxias do Sul, na tarde desta quarta-feira, dia 14, em cumprimentos de mais uma ordem de prisão decretada no âmbito da Operação Harpócrates.

O indivíduo preso é suspeito de envolvimento direto (na condição de executor) do delito de homicídio consumado seguido de esquartejamento, ocorrido no início do mês de janeiro deste ano. O crime chegou ao conhecimento da equipe policial em razão do desdobramento de diligências de outras investigações.

O corpo esquartejado foi localizado em uma área de mata fechada embalado em sacos plásticos e que foram acondicionados no interior de três malas de viagem. Durante o trâmite da investigação de alta complexidade, que contou com o trabalho pericial desenvolvido pelo Instituto Geral de Perícias (IGP), foi possível identificar a identidade da vítima, através de exame de confronto de material genético (DNA) e o local em que ocorreu a execução e o esquartejamento do corpo (com uso de luminol).

A perícia identificou ainda vestígios de que, antes da execução, o jovem foi torturado. A vítima foi identificada com sendo um indivíduo de 19 anos que tinha envolvimento com o tráfico de drogas em São Marcos, vizinha a Caxias, sendo integrante da mesma facção criminosa responsável pela execução do crime, cuja motivação foi uma represália à desobediência de ordens da liderança da facção. Após a adoção dos procedimentos de praxe, o preso foi encaminhados ao Sistema Penitenciário e colocado à disposição da Justiça.

Fonte e fotos: Polícia Civil