IFRS: posicionamento institucional sobre programa Future-se do MEC

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), representado pelo reitor Júlio Xandro Heck, esteve presente nos dias 16 e 17 em reuniões realizadas pelo Ministério da Educação (MEC). O órgão apresentou, em um primeiro encontro, diretamente aos reitores dos Institutos e Universidades Federais, as linhas gerais do programa Future-se. No dia 17, a proposta foi apresentada publicamente pelo MEC.

No entendimento do IFRS, a proposta carece de detalhamentos e traz questões complexas que podem interferir nas estruturas institucionais. Assim, serão necessários uma análise detalhada e um amplo debate, mantendo a tradição democrática e de participação da comunidade nas discussões dos rumos da instituição.

A Reitoria do IFRS manifesta a sua preocupação com o projeto Future-se, que indica um caminho contrário à garantia constitucional de educação como direito de todos e dever do Estado. É compromisso inegociável do IFRS a defesa da educação pública, gratuita, de qualidade e inclusiva, que jamais deixará de ser a missão e bandeira desta instituição. O Instituto é favorável a mudanças que ampliem, democratizem o acesso e permitam a expansão do orçamento destinado à educação pública. Entretanto, não é aceitável que essas mudanças impliquem em perda da autonomia institucional ou que desvirtuem os Institutos Federais dos princípios estabelecidos na sua lei de criação.

 

Fonte: IFRS