Hospital Tacchini chega ao limite dos recursos e inicia operação de guerra

Nesta quarta-feira, 3, o Hospital Tacchini, de Bento Gonçalves, atingiu 111% da ocupação de seus leitos de UTI Adulto. Nos últimos dias, a escalada de novos casos de Covid-19 no Rio Grande do Sul superou em muito todos os parâmetros de comparação registrados em qualquer outro momento da pandemia, levando ao esgotamento total dos recursos do sistema de saúde.

“Estamos vivendo o pior momento desde o início da pandemia da Covid-19. Este é um cenário de guerra. É o limite. As nossas equipes de trabalho não estão mais fazendo o ideal, elas estão fazendo o possível dentro dos recursos disponíveis. Atingimos o máximo das nossas capacidades”, definiu o superintendente do Tacchini Sistema de Saúde, Hilton Mancio.

Nas últimas horas, o Tacchini ativou sua última e mais robusta estratégia de combate à pandemia. As estruturas internas foram reordenadas e novos ambientes foram criados para receber e estabilizar pacientes de alta e média complexidade até que haja condições de encaminhá-los a um leito regular de UTI. A convocação de profissionais da saúde que estavam de férias para que retornem imediatamente ao trabalho também faz parte das medidas adotadas.

Apesar do panorama catastrófico, o Tacchini reforça seu compromisso com a comunidade e com os clientes do plano de saúde Tacchimed. Não estão sendo medidos esforços para absorver toda a demanda de pacientes, mesmo que a instituição esteja operando atualmente acima da sua capacidade limite.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Hospital Tacchini
Foto: Hospital Tacchini / Divulgação