Grupos da melhor idade visitam a Central de Triagem e o Transbordo de resíduos em Bento

Aos poucos a população está se engajando na coleta seletiva em Bento Gonçalves. Nesta segunda-feira, 2, os Grupos de Convivência da Terceira Idade, integrantes do Projeto Agentes da Natureza Melhor Idade, desenvolvido pela Secretaria do Meio Ambiente, visitaram a Central de Triagem e o Transbordo, nos bairros São Roque e Pomarosa, respectivamente. A atividade integra a segunda etapa da iniciativa, que culminará na formatura dos Agentes.

Cerca de 45 pessoas puderam conhecer a forma correta de descarte de resíduos, e todo o processo desenvolvido nos dois locais, da separação do material reciclável (plástico, papel, papelão, metal, vidro), da destinação do orgânico, até à destinação final desses materiais.

A bióloga e coordenadora do setor de Educação Ambiental Simone Lemos ressaltou a importância da separação e destinação correta dosresíduos, colocando o lixo na data correta da coleta. “O caminhão da coleta irá recolher todo o resíduo que estiver na lixeira, assim, é essencial que o cidadão deposite o resíduo seguindo o cronograma. Reciclando os materiais economizamos em água e em energia em grande quantidade. É nosso dever separar e destinar corretamente nossos resíduos”, reiterou.

Bento produz cerca de 100 toneladas de lixo/dia. Destes, 24% são reciclados atualmente, um dado que vai à contramão da realidade brasileira que recicla apenas 3% de todo o lixo coletado. O Município conta com nove Associações que recebem material destinado à reciclagem.

A coordenadora dos Grupos de Convivência, Andreia Antonini, que acompanhou a atividade, incentivou os participantes a repassarem o conhecimento adquirido à sua comunidade e grupo de amigos.

A população pode agendar visitas às Associações de Recicladores pelo telefone (54) 3055-7213.

Destino do resíduo

O resíduo em Bento Gonçalves segue dois caminhos distintos, o reciclável é entregue às Associações de Recicladores, onde o material é separado e vendido para empresas de reciclagem. O resíduo orgânico segue para o transbordo e posteriormente é enviado ao aterro sanitário.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura

Fotos: Franciele Gonçalves