Garibaldi inaugura Sala do Empreendedor no mês de aniversário do município

O município de Garibaldi agora conta com uma Sala do Empreendedor. O espaço, criado no mesmo formato da Sala do Investidor, reúne todos os agentes municipais necessários para a legalização de um novo empreendimento, facilitando e desburocratizando o processo de abertura de empresas. O diretor do Departamento de Promoção do Investimento e Sala do Investidor da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect), Adriano Boff, participou do ato de inauguração nesta terça-feira (31).

De acordo com o prefeito Antonio Cettolin, a Sala do Empreendedor de Garibaldi é um canal de interlocução com a Sala do Investidor, a partir de projetos que surgem no Rio Grande do Sul e que necessitam de um município para se instalar.

“Da mesma forma, também se cria mais um canal para que eventuais iniciativas do município possam ser encaminhadas à Sdect para acessar linhas de financiamento e programas de incentivo do governo do Estado”, avaliou.

Segundo Adriano Boff, todos os empreendimentos, mesmo pequenos e médios, conseguem, por meio dessa relação, buscar incentivos que antes eram acessados apenas pelas grandes empresas, que tinham melhores condições de contratar consultorias especializadas.
“O empreendedor não precisa procurar vários órgãos do município, pois todos estarão no mesmo ambiente, assim como ocorre no Estado”, disse o diretor.

A inauguração da Sala do Empreendedor integra a programação do mês de aniversário dos 117 anos de Garibaldi, quando a administração municipal promove ações e iniciativas para fortalecer o elo entre a comunidade e o desenvolvimento do município. As atividades envolvem inaugurações, homenagens, ordens de serviço e outros eventos, entre eles, a Fenachamp.

Sala do Investidor

A Sala do Investidor do Rio Grande do Sul é um modelo de atendimento – físico e virtual – às empresas. Está vinculada à Sdect e tem como objetivos coordenar as ações de investimento e integrar os agentes do Sistema de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul (Sdect, Badesul e BRDE) com as demais secretarias, Banrisul, prefeituras, agentes do governo federal e outros atores. Visa a apresentar a empresários e entidades empresariais uma proposta com as vantagens oferecidas pelo Estado para implantação ou ampliação de empreendimentos.

Fonte: Ascom Sdect