Força-Tarefa encerra com apreensão de 11 toneladas de carne irregular em Bento

Sem título

A Força-Tarefa envolvendo Polícia Civil, Vigilância Sanitária Municipal, Secretaria da Agricultura e Ministério Público – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Segurança Alimentar, foi finalizada no começo da noite desta terça-feira, 18, com a inutilização de cerca de 11 toneladas de carne no total.

Foram vistoriados cinco estabelecimentos (casa da carnes, açougues e mercados) no município e a fiscalização localizou carne sem procedência, deteriorada e com condições organolépticas alteradas, bem como produtos com prazo de validade vencido.

Duas pessoas foram presas durante a ação, uma no bairro Fenavinho e outra, no São Roque. A fiscalização esteve no Mercado Boi na Brasa (Fenavinho), Fruteira São Roque (São Roque), Distribuidora de Carnes Santa Eulália (São Roque), além dos açougues Big Boi, Silvério (Juventude) e Razzera.

Nos açougues no total foram 2,5 toneladas de carne recolhidas, e só no bairro São Roque em um único local, foram cerca de oito toneladas.

A Rádio Difusora 890 AM procurou o promotor Alécio Silveira Nogueira, da promotoria de Bento Gonçalves, durante o dia, que optou em não dar entrevista pois a operação estava em andamento. Rafael Vieira, responsável pela Vigilância Sanitária do Município, também foi contatado, mas conforme orientação do MP (Ministério Público), optou em aguardar a finalização do levantamento dos dados para manifestação.

A coordenação dos trabalhos foi do promotor Alcindo Bastos Filho, da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Porto Alegre. Ele foi procurado e não foi localizado pela reportagem. Uma entrevista coletiva poderá ser realizada nesta quarta-feira, com o resultado final da operação.

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora