Fiscalização por exercício ilegal na advocacia é realizada em Bento

Representantes da Comissão de Fiscalização de Exercício Profissional da OAB/RS (Ordem dos Advogados do Brasil) estiveram em Bento Gonçalves, na tarde desta sexta-feira, 15, em virtude de denúncia de publicidade e captação irregular na advocacia. Foram realizadas visitas de averiguações e o local denunciado foi notificado. Não se tem mais detalhes em virtude do sigilo da ação.

Conforme informações da OAB/BG, são duas formas de denúncias que podem ser realizadas. Diretamente na própria sede, com intervenção de uma Comissão local e até oficiando advogados para que sejam efetuadas adequações, e através de denúncia em Porto Alegre ou pelo site da instituição estadual.

De acordo com o presidente da subseção da OAB de Bento, Cléber Dalla Colletta, “apoiamos a campanha de valorização da advocacia por entender que se parte de uma publicidade regular e adequada ao Código de Ética, mas também como forma de coibir pessoas que possam ofertar serviços de advocacia sem ser advogados”, comentou.

A entidade tem realizado palestras orientativas sobre o tema buscando capacitar e legitimar a importância da regulamentação da profissão para a categoria.

A OAB é a entidade responsável por legislar e regulamentar a profissão de advogado. Dessa forma, tem buscado mecanismos de combate ao exercício ilegal da profissão. Assim, a Ordem gaúcha alerta a população para que, antes de outorgar procuração, sempre consulte o site da entidade (www.oabrs.org.br) para confirmar se o profissional, que se apresenta como advogado, está inscrito regularmente na instituição.

 

Fonte: Felipe Machado – Central de Jornalismo da Difusora