FIEMA Brasil confirma sua oitava edição em abril de 2018

fiema2

Em um contexto de crescente preocupação acerca da saúde dos negócios – especialmente no que se refere ao seu poder competitivo – buscar soluções de produção sustentável é exercício permanente para indústrias que querem seus nomes associados às práticas reconhecidas pela eficiência. A Fiema Brasil, amiga desse conceito, renova tal compromisso e anuncia sua oitava edição para 2018.

De 10 a 12 de abril do próximo ano, a feira de negócios, tecnologia e conhecimento em meio ambiente vai apresentar e discutir pesquisas e tecnologias nessa área para quem visitar o Parque de Eventos de Bento Gonçalves. A disseminação de conhecimento é um dos propósitos do encontro e trunfo no desafio de construir um mundo melhor para as pessoas e pessoas melhores para ele – um dos ideais de atuação da entidade promotora da feira, a Fundação Proamb. “Incentivamos as empresas a refazerem sua visão do futuro, tendo a gestão ambiental como foco. A criação científica, para a qual a Fiema é uma vitrine, com trabalhos acadêmicos mostrados e premiados, ajuda a desenvolver o setor de negócios ambientais no país, que tem muito mercado a ser explorado”, observa o presidente da Proamb, Neri Basso.

O Fiemacon é um dos destaques da programação, com seus congressos, seminários e palestras. O Meeting Empresarial, painel com importantes líderes em gestão ambiental, também renova o desafio de revitalizar os conceitos de gestão sustentável junto aos empreendedores. Em breve o público poderá conhecer detalhes dessas atrações, com temas, palestrantes e horários confirmados. Nesta edição, a coordenação da atividade está à cargo da empresária Maristela Cusin Longhi.

Expectativa de repetir bons resultados

Os resultados conquistados em 2016, quando a Fiema recebeu 130 expositores de 10 países, e um público de mais de 8 mil pessoas, fortalecem a crença da pauta ambiental na sociedade como geração de negócios e forma de prolongar os recursos naturais da Terra.

“Temos um público qualificado que leva as boas práticas da Fiema não só para as empresas que trabalham, mas para a sociedade em que vivem. O ingresso de novos expositores, com práticas ambientais de acordo com suas necessidades, enriquece o debate e deixam a feira mais plural, potencializando novos negócios”, diz Jones Favretto, presidente da Fiema Brasil 2018.

A Fiema é uma realização da Fundação Proamb, entidade com mais de 25 anos de atuação em soluções ambientais. Além de promover a feira, atua em outras quatro frentes de negócios: engenharia ambiental, educação ambiental, a central de disposição de resíduos sólidos industriais, em Pinto Bandeira, e a unidade de coprocessamento, que produz combustível derivado de resíduos (CDR) em Nova Santa Rita.

Fonte: Exata Comunicação