Exposição resgata brinquedos antigos em Bento Gonçalves

Foto, crédito_Gane Coloda

Projeto Feito à Mão será lançado nesta quinta-feira, 11 de outubro, no distrito de Tuiuty, promovendo interação entre gerações e contato de estudantes com brinquedos artesanais

Em um mundo tão conectado, tecnológico e acelerado, como estimular as crianças a se entreterem com brinquedos que demandem mais que um toque na tela para funcionarem? Como despertar o interesse dos pequenos por brincadeiras que envolvam a interação com colegas e amigos ao ar livre e não se restrinjam à passividade de assistir a vídeos na sala de casa?

Com a intenção de aproximar os pequenos do processo imaginário e criativo da transformação de objetos em brinquedos, o projeto Feito à Mão será lançado nesta próxima quinta-feira, 11 de outubro, às 13h30, na Escola Estadual de Ensino Fundamental Ângelo Salton, no distrito de Tuiuty, em Bento Gonçalves. A programação inicia com exibição de audiovisual criado pelo projeto, seguida da abertura da exposição interativa de brinquedos e brincadeiras.

Transformar um galho de uma árvore sem as folhas em um cavalo, uma lata vazia em um carro conversível ou trapos de panos em bonecas. A exposição é um convite para as crianças perceberem a possibilidade de diversão com brinquedos artesanais e para que elas sejam estimuladas e levadas a um mundo de experimentações e descobertas dos objetos, da natureza, das pessoas e da cultura.

Também é uma forma de integrar gerações, promovendo a valorização do registro da memória e da transmissão de informações e das habilidades dos idosos aos mais jovens. Assim, o projeto entrevistou moradores com idades entre 60 e 86 anos, das localidades pertencentes ao Vale do Rio das Antas, entre os meses de abril e julho de 2018.

O objetivo foi levantar uma listagem de brinquedos e brincadeiras que os senhores e senhoras lembrassem de suas infâncias. Nessa pesquisa, foram identificados cerca de 30 brinquedos ou brincadeiras que faziam parte dos momentos de lazer das crianças no interior da Serra Gaúcha cerca de sessenta a cem anos atrás. Um número expressivo se considerarmos que era época em que as crianças contavam desde muito cedo como força de trabalho em suas famílias. As informações coletadas mostram que os poucos momentos livres de atividades domésticas e de trabalhos na roça eram aproveitados intensamente pelas crianças.

Dessa lista, que por si só contribui para a ampliação do acervo histórico de Bento Gonçalves, foram selecionados 12 brinquedos para serem confeccionados e compor a exposição, juntamente com um breve descritivo de cada um. Entre eles estão estilingue, bonecas de pano, jogos de tabuleiro e o pirlo, como chamavam no dialeto italiano uma espécie de pião feito com carretéis de linha, que antigamente eram de madeira. O momento das entrevistas foi gravado, resultando em um audiovisual de cerca de dez minutos, preservando, sobretudo, a memória oral local (veja uma amostra em https://youtu.be/nbOd8x3MoM0).

Além da Escola Ângelo Salton, a exposição vai visitar, nesse mês de outubro, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Senador Salgado Filho, na comunidade de São Valentim. Nas duas escolas do distrito que receberão a exposição, o projeto também irá realizar oficinas de brinquedos e brincadeiras, nas quais os entrevistados irão confeccionar um dos brinquedos antigos com os alunos, mostrar como brincar com os brinquedos da exposição e ensinarão cantigas de roda e brincadeiras. Após o mês de outubro, o projeto fica à disposição, mediante interesse e agendamento, para visitar outras escolas de Bento Gonçalves.

O projeto Feito à Mão é patrocinado pelo Fundo Municipal de Cultura de Bento Gonçalves, com produção cultural de Lenise Miorando, pela empresa Triângulo da Produção Cultural, e pesquisa realizada por Fernanda Tomasi. Mais informações podem ser obtidas com as idealizadoras do projeto, Lenise e Fernanda, pelos e-mails [email protected] e [email protected] ou telefones: (54)98114-4290 e (54) 99124 7753.

 

Fonte: Imediata

Foto: Gane Colada