Evasão escolar aumenta em Bento

evasao

O índice de evasão escolar em Bento Gonçalves aumentou em 2016 em relação a 2015. E esses números preocupam Ministério Público, Prefeitura Municipal e 16ª CRE. Em 2016, 741 crianças e adolescentes deixaram de frequentar a escola e, no primeiro trimestre deste ano, já foram contabilizados 131 casos, o que indica um aumento da média.

Durante a semana, a reportagem da Difusora realizou uma série de entrevistas com o coordenador do Conselho Tutelar, Leonisdes Lavicnick, o coordenador da 16ª CRE, Leonir Rasador e o promotor de Infância e Juventude, Élcio Resmini Menezes.

Mensalmente estão sendo feitas reuniões para debater o tema. Entre as maiores causas de evasão escolar apontadas pelos entrevistados está o trabalho (mesmo que na informalidade esses jovens acabam indo para o mercado de trabalho para ajudar no sustento das famílias), gravidez precoce e até mesmo o desestímulo pela repetência.