Estado entrega licença para ampliação da Todeschini em Bento

Licença Ambiental Todeschini

O governo do Estado entregou, nesta segunda-feira (22), a licença de instalação que autoriza o início das obras de ampliação da fábrica de móveis da Todeschini, em Bento Gonçalves. Ao todo, serão R$ 100 milhões investidos na remodelação, gerando cerca de 2 mil empregos diretos para a Região da Serra.

“O investimento da Todeschini é um momento importante para a nossa economia. Além de trazer novos negócios, ainda movimenta mercado de trabalho da região serrana. Ou seja, é mais uma oportunidade de crescimento tanto para a população quanto para o Rio Grande”, afirmou o governador José Ivo Sartori.

A secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini, destacou a preservação ambiental. “Este projeto foi uma grande ação de licenciamento, que envolveu três esferas de governo. Ao fim, concluímos com sucesso esta etapa, mostrando que é possível investir em novos empreendimentos e ainda preservar o meio ambiente”, afirmou.

Segundo o diretor industrial da Todeschini, Jorge Pallastrelli, a expectativa é que a ampliação esteja pronta em breve. “Hoje, recebemos o licenciamento ambiental e na sequência vamos iniciar os procedimentos necessários para a concretização deste projeto de ampliação. A estimativa é que dentro de dois ou três anos as obras já estejam concluídas e prontas para receber novos funcionários”.

De acordo com o projeto, a empresa será ampliada em 216.808.75 metros quadrados, dos quais 97,6 mil serão de área construída e 216,8 mil metros quadrados de área ao ar livre. Com esta medida, a capacidade produtiva da empresa passa de 3,5 milhões para 11,9 milhões de unidades de peças por mês.

Processo de licenciamento

Para obter a licença, a empresa precisou apresentar uma série de medidas compensatórias, entre elas a aquisição e a recuperação de áreas de preservação permanente. Também serão feitas melhorias no acesso viário de modo a reduzir o trânsito de veículos de carga que circulam por dentro da cidade.

Além disso, a Todeschini celebrou com a Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), um termo de compromisso de compensação ambiental, para aportar um percentual do valor investido no empreendimento em Unidades de Conservação.