Esportivo perde para o Juventus pela Série D

O Esportivo não conseguiu a terceira vitória consecutiva na Série D do Campeonato Brasileiro 2021. Em partida disputada na tarde deste sábado, 28, em Jaraguá do Sul, a equipe Alviazul acabou sendo derrota por 1×0 para o Juventus, com um gol anotado no início da partida.

Mesmo tendo um jogador a menos durante boa parte da etapa final, a equipe buscou o resultado, mas acabou esbarrando no sistema defensivo do adversário, que conseguiu manter a vitória até o fim.

Como foi o jogo

Primeiro tempo

O Juventus, por jogar em casa, começou na pressão. E logo com cinco minutos, Pablo recebeu e tocou na saída do goleiro Otávio Passos e foi para as redes: 1×0 Juventus. Aos 10 minutos, Potiguar acertou uma bomba e o chute passou perto da trave do gol adversário.

Depois desse lance, o jogo ficou muito pegado no meio-campo, com excesso de faltas e com a arbitragem distribuindo cartões amarelos para as duas equipes. Oportunidades claras, apenas aos 44 minutos, quando Matheus Claudino tentou de cabeça e o Otávio salvou o Esportivo, mantendo o 1×0 para o Juventus.

Segundo tempo

Aos seis minutos, a bola sobrou para Gutierrez, que dentro da área, chutou com desvio e assustou o goleiro. Aos 11 minutos, a equipe Alviazul sofreu um baque, quando o capitão Chicão levou o segundo amarelo e por consequência, acabou expulso.

Mesmo com um jogador a menos, o Esportivo teve a bola para si e buscou o gol contra uma defesa bem fechada. Aos 26 minutos, Norton cobrou falta na medida, mas o goleiro saltou para evitar o empate.

A última chance foi aos 48 minutos, quando Everton evitou que Peixoto e Gutierrez conseguissem a finalização em direção ao gol, mantendo assim o resultado adverso de 1×0. A equipe bento-gonçalvense ocupa a 4ª posição no grupo A8 e aguarda o termino da rodada para saber se permanece nesta colocação. O próximo compromisso é pela última rodada, em casa, contra o Rio Branco.

O Esportivo jogou com: Otávio Passos; Gutierrez, Milanez, Rafael Dumas (Léo Ferraz), Rennan; Chicão, Norton, Cafú (Peixoto); Potiguar (Afonso), Batista e Lailson (Ramires)

A arbitragem da partida foi do paulista Lucas Canetto Bellote, auxiliado por Bruno Muller e Luciane Rodrigues dos Santos, ambos de Santa Catarina.

Foto: Ênio Bianchetti/CEBG/Arquivo

Texto: Exata Comunicação