Escolas de Bento são premiadas por trabalhos na área da saúde bucal

IMG_5067

Neste sábado, 15, foi realizada no Salão Nobre da Prefeitura Municipal a premiação das Escolas participantes do projeto “O açúcar escondido nos alimentos”. Promovido pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Setor de Saúde Bucal, em parceria com a Secretaria de Educação e apoio da Secretaria de Turismo o projeto tem o objetivo de prevenir cáries em crianças e adolescentes.

O primeiro lugar ficou para EMI Espaço dos Sonhos, que ganhou uma visita na Casa da Ovelha. As Escolas Municipais Infantis Educador Paulo Freire e Lar do Pequeninos ficaram com o segundo e terceiro lugar respectivamente, e como premiação ganharam um avisita a Epopeia Italiana e uma sessão de cinema na Fundação Casa das Artes.

Conforme a Coordenadora do Setor de Saúde Bucal, Giovana De Bacco a Odontologia é trabalhada em três linhas distintas em Bento. Sendo programa de Prevenção a doença Cárie, atendimento na Atenção Básica de Saúde e com o Centro de Especialidades Odontologicas oferecendo serviço de média complexidade. “Tendo como meta a saúde das crianças este ano além das atividades dentro das Escolas promovemos o desafio de trabalharem como o tema do açúcar. As escolas acolheram nosso projeto e hoje estamos rodeados por lindas e criativas idéias desenvolvidas em sala de aula”, destaca.

O Secretário de Saúde, Marlon Pompermayer destacou a revolução no setor da Odontologia no Município. “Hoje temos maior resolutividade no tratamento, além de garantir as ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal, sendo esta fundamental para a qualidade de vida da população, isso tudo aliado a um trabalho direto com nossas crianças, que pode ser visto nestes belíssimos trabalho que acompanhamos hoje”, disse.

Atualmente os atendimentos ocorrem em nove Estratégias da Saúde da Família, dez Unidades Básicas de Saúde, no Centro de Referência Materno Infantil e no Centro de Especialidades Odontologicas, que tem como porta de entrada a Unidade Básica de Saúde. Além disso, o programa de prevenção está dentro de 61 escolas, alcançando 10.233 alunos.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Foto: Laura Kirchhof