Equipamentos e tecnologia atraem produtores na Tecnovitis

tecnovitis (1)

Apesar da chuva durante alguns momentos pela manhã e tarde, diversas foram as caravanas de produtores rurais que marcaram presença no segundo dia da Feira de Tecnologia para Viticultura (Tecnovitis) – 2ª edição, que acontece no complexo do Hotel Villa Michelon, no Vale dos Vinhedos.

Além de demonstrações técnicas, equipamentos e máquinas expostas tem chamado a atenção dos agricultores. Outro momento são as palestras, com temas explorados nesta quinta-feira tais como: Segurança do Trabalho no campo, Como fazer Enxertia Verde, Equilíbrio Nutricional em Uva,  Erros mais comuns na Pulverização da Videira,  Como reduzir o uso de cobre na viticultura?, entre outros, abordados por especialistas da Embrapa Uva e Vinho, do IFRS e de empresas do ramo.

Neste último dia, sexta-feira, destaque para a realização de uma Audiência Pública promovida pela Frente Parlamentar de Defesa e Valorização da Produção Nacional de Uvas, Vinhos, Espumantes e seus Derivados, da Câmara dos Deputados, para debater a comercialização e valorização da qualidade da uva.  O presidente da frente é o deputado Afonso Hamm, e o encontro tem o apoio da Assembleia Legislativa do RS, Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho) e entidades do setor.

A Tecnovitis acontece das 10h às 18h e o acesso é gratuito. A realização é do Sindicato Rural da Serra Gaúcha e o patrocínio do Sicredi, com apoio do Bento Convention Bureau, Circolo Trentino de Bento Gonçalves, Emater/RS, Estado do Rio Grande do Sul, Embrapa, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Hotel Villa Michelon, Ibravin, IFRGS, Sebrae, Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria Região Uva e Vinho (SEGH), Sociedade 8 da Graciema, Aprovale, Fepagro, Fetag-RS, Sindivinho RS e Prefeituras de Bento Gonçalves, de Pinto Bandeira, de Garibaldi e de Monte Belo do Sul.


Fonte: Central de Jornalismo da Difusora