Embaixador do partido NOVO, técnico Bernardinho palestra em Bento

Bernardinho (18)

Cerca de 400 pessoas acompanharam na noite desta quinta-feira, 12, no auditório do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), a palestra com  o técnico bicampeão olímpico Bernardo Rocha Rezende, o Bernardinho. O tema abordado foi “Transformando Sonhos em Realidade”. O evento foi promovido pelo partido NOVO, no qual o profissional filiou-se e chegou a cogitar uma candidatura como governador do Rio de Janeiro, o que foi descartado posteriormente. Desde maio Bernardinho atua como “Embaixador do Novo”.

Antes da palestra, concedeu entrevista coletiva para a imprensa, ladeado por Rafael Fantin, o Dentinho, pré-candidato a deputado estadual; Frederico Cosentino, Pré-candidato a Deputado Federal, além do pré-candidato a governador pela sigla, Mateus Bandeira.

“Cheguei um momento da vida em que comecei a refletir sobre o momento do País. Há tanto inconformismo da situação. Se nós não ocuparmos o nosso espaço pessoas vão ocupar. Por isto pensei em me envolver e apoiar pessoas que acredito”, comentou.

Questionado sobre um índice grande de eleitores que tem respondido as pesquisas que não votaram em nenhum candidato, Bernardinho afirmou que “não ir às urnas estamos desistindo do nosso País. Se informem, vamos conhecer. Quero é carregar uma bandeira que as pessoas possam conhecer o NOVO, ao conhecer, elas poderão tomar sua decisão”, acrescentou.

Sobre o projeto do Bento Vôlei, que atuou em nível nacional profissionalmente e sem grandes incentivadores, prossegue somente na base. “Sabemos da tradição do voleibol. Entendo que não podemos passar o ônus do esporte de alto rendimento para o estado. Temos é que ter mecanismos de financiamento e fazer com que a iniciativa privada entenda como investimento de visibilidade de sua marca”, disse Bernardinho.

O filho de Bernardinho, Bruno, tem uma amizade grande com o jogador Neymar, que após a eliminação na Copa do Mundo, nem atendeu a imprensa. Perguntado sobre o comportamento do jogador, disse que conhece através do filho e que teria vontade “de conversar seriamente com ele por um tempo. Ser meio que um ‘coach’ dele”, destacou.

Os participantes do evento puderam ainda adquirir um livro autografado pelo treinador, que atendeu diversas fotografias dos presentes.

Fonte e fotos: Felipe Machado – Central de Jornalismo da Difusora