Em Assembleia Cpers/Sindicato define encerramento da greve da Educação no RS

Por 725 a 593 votos, a Assembleia Geral do CPERS realizada na tarde desta terça-feira, dia 14, aprovou a suspensão da greve da educação gaúcha. Sem acordo com o governo, a categoria decide voltar à sala de aula pelos estudantes e a comunidade escolar.

“Voltamos à sala de aula para preservar o salário da categoria e pelo compromisso com estudantes e a comunidade escolar. Ao contrário de Eduardo Leite, nós temos responsabilidade com nossos alunos”, afirma a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer.

A deliberação aprovada inclui a exigência do pagamento dos dias parados e a construção de um calendário de mobilização para que o pacote que interfere no plano de carreira do magistério não avance.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora com informações do Cpers/Sindicato