Eleitores de Bento podem efetuar cadastro biométrico para o pleito 2018

Biometria

A confirmação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no começo desta semana que mais de 50% do eleitorado brasileiro já possui biometria, reflete uma mobilização que terá continuidade neste 2018. O objetivo é que todo o eleitorado brasileiro esteja cadastrado na biometria até 2022, para isto metas foram estipuladas.

Na 8ª Zona Eleitoral (8ª ZE) com sede em Bento Gonçalves, o pleito de 2016 já registrou menos reclamações do que dois anos antes, quando pela primeira vez o sistema foi aplicado.

Em Bento Gonçalves 37,24% do eleitorado, 32.634 eleitores possuem o cadastro biométrico, de um total de 87.640.

“Ainda não é obrigatória, mas os eleitores que querem adiantar, podem comparecer no Cartório para efetuar o cadastramento”, destacou, a chefe do cartório eleitoral substituta, Francine Vicente Stringhini.

A meta é de recadastrar 8.752 eleitoral em 2018. O prazo é até 9 de maio, afinal, 150 dias antes do pleito encerra o cadastro eleitoral (biometria, troca de nome, de endereço, primeiro título eleitoral etc). Gradativamente, assim, nos próximos quatro anos a ideia é atingir quase a totalidade dos eleitores, conforme orientação do TSE.

A etapa da biometria já foi concluída em Monte Belo do Sul, Santa Tereza e Pinto Bandeira. Em Monte Belo, de 2934 eleitores, 2.928 possuem (99,8%). Em Santa Tereza de 1652 eleitores, 1650 estão aptos (99,88%) e em Pinto Bandeira, de 2.295 no total, 2.294 estão cadastrados (99,96%).

Saiba mais aqui

A 8ª Zona Eleitoral em Bento Gonçalves está localizada na Rua Gal. Goes Monteiro, 91, sala 1. O funcionamento é de segunda à quinta-feira das 11h às 17h e na sexta-feira das 9h às 15h. O telefone de contato é 5434518688.

No País

O recadastramento biométrico, que possibilita a identificação do eleitor pelas digitais antes do voto, ultrapassou na última segunda-feira (22) a metade do eleitorado brasileiro, atingindo 73.638.970 (50,21%) dos 146.654.659 eleitores do país.

Desde a sua gradual implantação em 2008, sete estados já concluíram a biometria de seus eleitores. São eles: Alagoas e Sergipe, que cadastraram todos os seus eleitores na biometria até 2012, Amapá e Distrito Federal, que terminaram o processo em 2014, e Goiás, Tocantins e Roraima, que finalizaram o recadastramento no ano passado. Roraima concluiu o cadastramento e está em processo de homologação para cancelar os eleitores que não compareceram.

As metas de cadastramento para os próximos anos são as seguintes: 9.824.597 eleitores este ano, 21.496.827 eleitores em 2019, 10.790.971 eleitores em 2020, 19.298.704 eleitores em 2021 e 10.332.912 eleitores em 2022.

 

Fonte: Felipe Machado – Central de Jornalismo da Difusora