Delegada de Bento reforça ações no mês de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O número de casos de violência e exploração contra crianças e adolescentes, principalmente o crime de estupro de vulnerável, apresenta índices elevados em Bento Gonçalves, desde a criação da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), em 2012, que investiga esse tipo de caso.

De acordo com a delegada titular da DEAM, Deise Salton Brancher, em entrevista à Rádio Difusora na manhã desta terça-feira, dia 14, no programa Sentinelas do Rádio, ao todo, nesse período, foram instaurados 123 procedimentos policias envolvendo violência sexual contra criança e adolescente e 202 procedimentos referentes a casos de estupro.

Os dados da Delegacia indicam que em 2018 foram instaurados 41 procedimentos policiais para apurar o crime de estupro de vulnerável, sendo que 24 já foram encaminhados ao fórum, e 17 estão em andamento.

Até o começo de maio de 2019, segundo os indicadores, foram instaurados 9 procedimentos, sendo que um já foi remetido ao fórum. Desde 2015, ainda restam 32 procedimentos em andamento, com o maior número de inquéritos pendentes no ano de 2018, com 17 inquéritos em aberto.

Ainda conforme a delegada Deise, a maioria dos inquéritos policiais em andamento se trata de abuso intra-familiar, ou seja, aqueles onde a violência é praticada por um membro da família. Ainda segunda a delegada, na maioria dos casos, as vítimas são do sexo feminino.

No começo do mês, no dia 3 de maio, foi lançado em Bento Gonçalves, o mês de Combate à Violência e Exploração de Criança e Adolescentes, na Fundação Casa das Artes. A programação do mês culmina com a Campanha Faça Bonito, que visa mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

A campanha é coordenada pelo Comitê Municipal de Enfrentamento das Violências contra Crianças e Adolescentes, composto pelas secretarias de Habitação e Assistência Social, de Educação e de Saúde, Conselho Tutelar, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (COMDICA) e rede de proteção à criança e ao adolescente.

Durante todo o mês de maio, serão realizadas diversas atividades, tendo em vista a efetivação de ações continuadas de combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. No dia 18 de maio, é o Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.