Cresce intenção de votos brancos e nulos para Eleições 2018

F

A intenção de votos brancos e nulos nas eleições de outubro, aferida pela mais recente pesquisa do Datafolha, continua em patamares recordesOs diretores do Datafolha destacam que o único índice que cresceu no levantamento espontâneo reforça justamente a tese da crise de representação: os que dizem logo no início da entrevista que votarão nulo ou em branco. E hoje essa é a resposta imediata de cerca de um em cada quatro brasileiros (23%). Em janeiro deste ano, o índice era de apenas 8%. No cenário em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), detido na Polícia Federal de Curitiba, é excluído da corrida presidencial, brancos e nulos superam os de Jair Bolsonaro (PSL).

O cientista político João Ignacio Pires Lucas acredita que o cenário mudará totalmente após a Copa do Mundo. “É importante frisar que o foco principal das eleições será durante a campanha eleitoral, que neste ano foi reduzida. Acredito que neste período candidaturas como de Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (REDE) e até mesmo de Ciro Gomes (PDT) ganharão mais força e dificilmente Bolsonaro se manterá neste patamar. A candidatura de Lula ser homologada ou não também é um fator decisivo neste contexto”.

Lucas destaca ainda que o número de votos brancos e nulos, considerando a atual situação do país, não é surpresa. “Há um descrédito da população com a Classe política, o que de certa forma influencia diretamente neste dado. Creio ser mais um fator de indignação do que de fato um dado consolidado”.

O cientista político esclarece ainda que votos nulos não anulam a eleição, como vem circulando em redes sociais. “Há um mito em que se acredita que o voto nulo e o branco podem anular uma eleição, bem como podem beneficiar, de alguma forma, um ou outro candidato, interferindo no Quociente Eleitoral e Partidário. Isso não acontece. Voto válido é aquele dado diretamente a um determinado candidato ou a um partido (voto de legenda). Apenas os votos válidos contam para a aferição do resultado de uma eleição. Se mais da metade do resultado for de votos brancos ou nulos, o pleito não será cancelado e a apuração será feita com base no restante dos votos, que são os votos válidos”, explica.