Corede Serra realiza assembleia regional virtual sobre Consulta Popular 2020

Reunião terá como pauta definições sobre os projetos, critérios de seleção e divisão de recursos a serem destinados pelo governo do Estado. Para essa edição da consulta, Conselho Regional de Desenvolvimento da Serra definiu como prioridade os setores industrial, turístico e agropecuário

Conselho Regional de Desenvolvimento da Serra (Corede Serra), que engloba 32 municípios da região, realiza nesta sexta-feira, 18 de setembro, às 10h, uma assembleia virtual para tratar sobre a pauta da Consulta Popular 2020. Na reunião, com participação aberta ao público, serão apresentadas informações iniciais sobre o processo, definições sobre os projetos e critérios para seleção, divisão de valores, entre outros temas. O evento ocorre via plataforma Google Hangouts Meet, com acesso a partir deste link.

Nesta edição, o processo que define projetos de desenvolvimento regional para destinação de recursos pelo governo do Estado do RS volta-se às iniciativas do setor produtivo e se desenvolverá de forma totalmente virtual, incluindo a votação pelos eleitores gaúchos, de 26 de outubro a 3 de novembro. A Consulta Popular 2020 pretende orientar a destinação de R$ 20 milhões para projetos de todo o Rio Grande do Sul (R$ 10 milhões em 2021 e outros R$ 10 milhões previstos para 2022, estes avaliados e condicionados ao incremento de receita no período).

Para essa Consulta, o Conselho Regional de Desenvolvimento da Serra definiu como prioridade os setores industrial, turístico e agropecuário, conforme explica a presidente do Corede Serra, a professora da UCS Monica Mattia. Do valor destinado pelo Estado para ser executado em 2021, R$ 314.285,71 cabem à região para benefício de dois projetos. Havendo incremento de arrecadação em 2022, haverá a destinação do mesmo montante para a Serra (totalizando, nos dois anos, mais de R$ 628 mil).

Fonte: Assessoria de Comunicação UCS