Comando Rodoviário da BM completa 13 anos com entrega de medalhas

O Comando Rodoviário da Brigada Militar comemorou 13 anos de criação nesta segunda-feira (4), em solenidade realizada na sede do CRBM, no bairro Partenon, em Porto Alegre. Presidida pelo Comandante-Geral da Corporação, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, e pelo Comandante do CRBM, coronel Nelson Alexandre de Moura Menuzzi, o ato contou com a entrega de medalhas a civis e militares homenageados.

A origem do Policiamento Ostensivo Rodoviário Estadual remonta ao ano de 1934, por proposta do general Flores da Cunha. Em 24 de dezembro de 1953, foi criada a Guarda Rodoviária do Rio Grande do Sul, iniciando o Policiamento Rodoviário no Rio Grande do Sul e, em 1967, a Guarda Rodoviária foi incorporada à Brigada Militar. Cm o aumento da malha rodoviária do Estado e visando dinamizar e ampliar a capacidade do então Batalhão de Policia Rodoviária, foi criado em três de dezembro de 2004 o Comando Rodoviário da Brigada Militar, articulado em três Batalhões com sedes em Passo Fundo, Cachoeira do Sul e Bento Gonçalves, para atender o policiamento rodoviário de mais de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais.

O comandante do CRBM, coronel Menuzzi, retomou a história do Comando Rodoviário da Brigada Militar e as mudanças pelas quais passou para chegar à modalidade atual de atendimento. “Desta especialização para atuações no policiamento de trânsito, não podemos nos descuidar da missão original das polícias militares, quais sejam a polícia ostensiva e a manutenção da ordem”, afirmou o coronel, destacando o engajamento dos policiais no combate ao crime e à violência, retendo nas rodovias aquilo que pode chegar ilicitamente aos centros urbanos, como objetos e carros roubados, armas ilegais ou drogas. “O crime se move sobre rodas”, lembrou, agradecendo o empenho de todos os policiais militares integrantes do Comando Rodoviário por seus constantes esforços.

Para o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, o Comando Rodoviário tem uma importância estratégica na articulação da Corporação. “O alto grau estratégico deste comando acontece porque é a única tropa que está permeada por todos os municípios, em todas as regiões do nosso estado, em todas as rodovias estaduais”, afirmou o comandante. Dal’Lago destacou ainda que, ao evitar o transporte de armas de fogo e entorpecentes nas rodovias, o CRBM também impede a ocorrência dos delitos de maior potencial na região metropolitana. “Em nome da sociedade gaúcha agradeço ao Comando Rodoviário e a cada brigadiano que está nas rodovias pelo incessante trabalho realizado em prol da defesa da comunidade”, destacou.

O comandante do CRBM, coronel Menuzzi, entregou ao coronel Andreis uma homenagem pela passagem dos 180 anos da Brigada Militar, agradecendo pelo apoio no trabalho realizado nas rodovias do estado.

O secretário estadual dos Transportes, Pedro Westphalen, esteve presente na cerimônia e foi condecorado com a Medalha Mérito do Policiamento Rodoviário, na categoria Grande Mérito, por sua contribuição ao trabalho do Comando Rodoviário e ações de prevenção da acidentalidade e combate à criminalidade nas rodovias. “A BM é motivo de respeito e de luta em defesa das nossas causas e essa medalha que recebi vai para um lugar de destaque na minha vida”, afirmou Westphalen.

Participaram da cerimônia e foram também agraciados, o chefe da Casa Militar, coronel Alexandre Martins; o secretário-adjunto dos Transportes, Vanderlan Frank Carvalho; o subcomandante-geral da Corporação, coronel Mario Yukio Ikeda; o chefe do Estado-Maior da BM, coronel Júlio César Rocha Lopes; o prefeito do município de Garibaldi, Antônio Cetolin; o diretor do Departamento de Logística e Patrimônio da BM, coronel Carlos Armindo Thome Marques; o comandante do CRPO Serra, coronel Rogério Maciel da Silva; o comandante do Comando de Policiamento da Capital, coronel Jefferson de Barros Jacques; o comandante do CRPO do Vale do Rio dos Sinos, coronel Álvaro de Medeiros. Também presentes o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito, Ildo Mário Szinvelski, o comandante do CRPO Planalto, coronel Jair Euclésio Ely, os deputados estaduais Edson Brum e Liziane Bayer, o presidente do Cetran, Luiz Noé, a juiza de direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Tramandaí, Cristiane Stefanello Scherer, o presidente do Sicredimil, coronel RR Rudy da Silva Martins, o capelão honorífico da BM, padre Alexandre Chaves, promotora de Justiça do município de Osório, Cristiane Belamea, o coronel e juiz-militar Antônio Carlos Maciel Rodrigues, os ex-comandantes do CRBM e convidados, tenente-coronel Nézio da Silva Fagundes, coronel Arlindo Bonete Pereira, coronel José Dilamar Vieira da Luz, coronel AurélioFerreira Rodrigues, coronel Hermito César Bortoluzzi, coronel Carlos Magno Schwantz Oliveira e coronel Francisco de Paula Vargas Júnior.