Com Mourão e Eduardo Leite, ato solene oficializa abertura da 29ª ExpoBento e 16ª Fenavinho

O ato solene que abriu a 29ª edição da ExpoBento e 16ª Festa Nacional do Vinho, a Fenavinho, aconteceu nesta sexta-feira, dia 14, nas dependências do Pavilhão E da Fundaparque. Foram mais de 500 pessoas entre empresários, lideranças, deputados, prefeitos, vereadores e comissão organizadora, que acompanharam o momento. Depois de 1967, na 1ª edição da Festa que projetou Bento Gonçalves, contar com o general Humberto de Alencar Castelo Branco, o protocolo que oficializou a retomada teve o vice-presidente general Hamilton Mourão e o governador Eduardo Leite.

As boas vindas e o clima de otimismo foram evidenciados pelo prefeito Guilherme Pasin, presidente do CIC-BG (Centro da Indústria, Comércio e Serviços), Elton Paulo Gialdi, o diretor-geral da ExpoBento, Rogério Capoani, o coordenador do comitê da Fenavinho, Diego Bertolini e as soberanas Bárbara Bortolini, Ana Paula Pastorello e Sandi Marina Corso.

Em seu discurso, o vice-presidente elogiou a força do povo de Bento Gonçalves na construção do desenvolvimento da cidade. “O Brasil é muito grande, a cidade de Bento Gonçalves é o grande Brasil, o Brasil que trabalha, que produz, que não tem medo de dar a cara a tapa, que levanta cedo e dorme tarde”, disse Mourão.

Mourão e o presidente do CIC/BG, Elton Gialdi. Foto: Vagão Filmes, Augusto Tomasi

Essas características foram apontadas como vitais para a retomada da Fenavinho pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), também promotor da ExpoBento. Foi a festa que outorgou à cidade o título de Capital Brasileira do Vinho, deu origem ao Parque de Eventos e às feiras no município e a projetou nacionalmente. “Assumimos esse desafio com coragem. Foram muitas e incontáveis horas de trabalho”, relembrou o presidente da entidade, Elton Paulo Gialdi.

O governador Eduardo Leite, fez o grande anúncio do encontro ao comunicar o fim da substituição tributária para o setor vitivinícola – assim as empresas não precisarão antecipar o ICMS – e utilizou a ExpoBento como analogia para a política de privatização que está adotando no Estado.

A ExpoBento começou pelas mãos do poder público e depois migrou para a iniciativa privada – leia-se CIC-BG. “Poderíamos dizer que houve uma privatização da feira”, comentou o governador. “É um bom exemplo para dizer que privatização não significa tirar do povo, ao contrário. Ela ganhou agilidade, organização. Estar na mão do privado garante sucesso sem afastar a participação do poder público”, comparou.

A dobradinha entre festa e feira, ocorrida pela segunda vez em 19 anos, foi lembrada pelo diretor geral da ExpoBento, Rogério Capoani, após falar da força da feira que dirige neste ano, responsável por 2,5 mil empregos diretos e indiretos, 470 expositores e R$ 40 milhões em negócios. “Vou me restringir em falar muito dos números da ExpoBento e enaltecer a sua mais bela vocação, que é a de gerar satisfação integral para todos os envolvidos e a todo o público visitante. E é também por este motivo que nesta edição teremos o retorno da Fenavinho”, disse.

O prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, destacou a grandiosidade da ExpoBento para além de seus números, enaltecendo o que ela representa. “Muito nos envaidece ela ser a maior feira multissetorial do país, mas mais do que isso, ela é nossa maior vitrine. Passear por esses corredores é realmente entender o que somos”, disse Pasin. E comparou as soberanas da Fenavinho com a cara de uma região próspera. “É a cara de Bento, é a cara de um Brasil e de uma região que funciona. Que tem seus problemas sim, mas nossa vontade de superar as nossas adversidades é infinitamente maior do que qualquer problema. Talvez por isso aqui não existe o bom, nós queremos o ótimo, não existe o possível, nós perseguimos o ideal. E hoje estamos aqui para aplaudir o ideal”.

Sandy Marina Corso, Barbara Bortolini e Ana Paula Pastorello (Foto: Vagão Filmes)

Com o término na solenidade, Mourão e as demais autoridades efetuaram o descerramento da placa de abertura. Ele rapidamente deixou uma mensagem para a imprensa, mas não concedeu entrevista coletiva.

Participaram ainda do momento o presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Pasqualotto, presidente da Famurs (Federação das Associações dos Municípios do RS), Antônio Cettolin, prefeitos da Serra, o senador da república senador Luis Carlos Heinze (PP), deputados estaduais e federais, os secretários estaduais Ruy Irigaray, do Desenvolvimento Econômico e Turismo, e Covatti Filho, da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, entre outros.

ExpoBento e Fenavinho

ExpoBento em sua 29ª edição conta com mais de 450 expositores, com diversos segmentos e boas oportunidades de compras para os visitantes. São itens do mundo da moda (feminina, masculina, infantil e acessórios), passando por variedades e itens para o lar, até imóveis. Haverá estandes especializados em automóveis e espaço reservado para conhecer as novidades da indústria, comércio e serviços, além de uma vasta programação cultural.

Trata-se de um momento especial para a comunidade, com o retorno da Festa Nacional do Vinho, que não ocorria desde 2011. Dentre as atrações constam: Exposição de vinícolas e comercialização de produtosEnoteca (com apresentações de vinhos nacionais e suas procedências), Cursos de DegustaçãoTúnel do Tempo (com a história de mais de 50 anos da Festa), Vila Típica ( integrada à área gastronômica e ao espaço da agroindústria e das vinícolas), para as crianças, a Piccola Città, espaço com ações na área da educação patrimonial, lazer e recreação dirigida ao público infanto-juvenil e, relembrando edições históricas, o famoso vinho encanado no centro da cidade.

Realizados pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), os eventos ocorrerão paralelamente – basta adquirir o ingresso para a Expobento para também acessar a Fenavinho. Informações em www.expobento.com.br

De segunda a sexta das 18h às 22h30, aos sábados, domingos e feriados das 10h às 22h.

SERVIÇO DA EXPOBENTO E FENAVINHO 2019
O quê: 29ª ExpoBento e 16ª Fenavinho
Quando: 13 a 23 de junho
Onde: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (alameda Fenavinho, 481)
Valores e horários:
Segunda à sexta: das 18h às 22h30min (R$ 5)
Sábados e feriados: das 10h às 22h30min (R$ 12)
Domingos: das 10h às 21h (R$ 12)
*O ingresso para a feira oferece acesso gratuito aos shows
Mais informações: www.expobento.com.br
Promoção: Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves

Leia mais sobre a programação completa AQUI.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora **colaboração Exata Comunicação

Fotos: Romero Cunha (Palácio do Planalto), Itamar Aguiar / Palácio Piratini, Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Bento Gonçalves