Cleberton Ferri é o novo Diretor Internacional do Sindmóveis

O Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) tem um novo Diretor Internacional para o biênio 2021/2022. É Cleberton Ferri, executivo da Móveis Carraro. Ele se une à diretoria que tem como presidente o empresário Vinicius Benini, da Móveis Pozza, e cuja gestão foi prorrogada até 2022 em virtude da pandemia e decorrente adiamento da Movelsul Brasil.

Graduado em Administração de Empresas com Habilitação em Comércio Exterior, Ferri tem MBAs em Gestão Empresarial e também em Marketing Estratégico e Vendas. Atua há 13 anos na Móveis Carraro, sendo seis deles como Gerente de Exportações, e conduziu o projeto de expansão da empresa no mercado internacional, que, ao longo de três anos, ampliou de 6% para 25% o volume de produção exportado.

No Sindmóveis, vai atuar como interlocutor dos projetos voltados ao posicionamento do setor moveleiro no mercado internacional, que é uma das prioridades no panejamento estratégico da entidade. Além da articulação de pesquisas de mercado, rodadas de negócios e da atração de compradores estrangeiros para a Movelsul Brasil, Cleberton Ferri vai conduzir as atividades do Comitê Internacional do Sindmóveis, que identifica oportunidades para o polo moveleiro de Bento Gonçalves ao mesmo tempo em que promove debates sobre competitividade internacional, cenários globais e gargalos do setor.

Mais sobre o Sindmóveis

Desde 1977, o Sindmóveis representa e defende os interesses do principal polo moveleiro do Brasil, formado pelos municípios de Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza. A entidade cria condições para que o polo se desenvolva de forma sustentável, o que se dá por meio da articulação política, promoção comercial, informação e conhecimento. Ao todo, o polo moveleiro é formado por 300 indústrias.

Com a prorrogação da gestão, a atual diretoria estará à frente dos preparativos para a Movelsul Brasil 2022, que será de 14 a 17 de março de 2022, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves.

Ele concedeu entrevista para Rádio Difusora, acompanhe:

Fonte: Sindmóveis