Circolo Trentino realiza reunião para projetar ações para o Gemellaggio

Nesta semana, ocorreu na Fundação Casa das Artes, uma reunião organizada pelo Circolo Trentino di Bento Gonçalves com objetivo de formalizar um grupo de trabalho para viabilizar as ações do Gemellaggio com a região do Trento, Itália. O grupo tratará exclusivamente do Gemellaggio já existente com as cidades de Rovereto, Nogaredo, Terragnolo, Trambileno e Villa Lagarina, bem como, se dedicará a dar andamento à formalização do Gemellaggio com três novas cidades: Isera, Brentônico e Mori.

No encontro, definiram-se os componentes do grupo de trabalho, sendo composto por membros da sociedade civil e poder público municipal, estratégias de organização administrativa do grupo, possibilidades de concretização de parcerias para as novas ações do Gemellaggio em Bento Gonçalves, bem como as pautas das próximas reuniões.

O tratado do Gemellaggio traz benefício mútuo, servindo como ferramenta para o desenvolvimento de Bento Gonçalves e suas cidades – irmãs. Em Bento Gonçalves, o acordo foi assinado em 15 de junho de 2007, em Rovereto, no dia 09 de novembro de 2007. E em 2009 houve a renovação e confirmação do pacto das cidades-irmãs. Durante esse período, muitos jovens de Bento Gonçalves foram beneficiados pelo tratado tendo acesso à formação por meio de intercâmbio nas cidades Italianas do tratado.

Estiveram presentes, a presidenta e secretária do Circolo Trentino di Bento Gonçalves, Cleusa Longhi e Karoline Pavoni, e representantes das seguintes entidades: da Famíglia Trentina de Santo Antão, Ineri Copat, da Associação Nacional dos Emigrados e Ex-Imigrados das Américas e Austrália (ANEA-BRASIL), Gabriele Gugel, do Sindicato Rural da Serra Gaúcha, Elson Schneider, da Secretaria de Cultura, Deise Formolo, e o presidente do Lions Clube Cidade do Vinho, Sandro Giordani. Contou-se, também, com a presença de Leni Pavoni e Nathan Strapazzon.

Assessoria de Comunicação Social
Fotos: Divulgação/Secult