Cerca de 30% dos trabalhadores com direito ao abono salarial ano-base 2016 sacaram o benefício

Valores ficarão disponíveis até 29 de junho de 2018

O Ministério do Trabalho já liberou o Abono Salarial ano-base 2016 para mais de metade dos trabalhadores brasileiros. No entanto, 30,56% das pessoas com direito ao benefício sacaram o dinheiro até este momento. O recurso já foi liberado para os empregados privados nascidos de julho a novembro e servidores públicos com inscrições de 0 a 4. O prazo final de pagamento é 29 de junho de 2018.

Desde julho, quando foi liberado o primeiro lote do abono de 2016, 7,49 milhões de trabalhadores sacaram o dinheiro, que soma R$ 5,51 bilhões. Há ainda mais de 17 milhões de beneficiários para receber quantias que, juntas, chegam a R$ 12,52 bilhões.

O valor de cada benefício depende do período trabalhado no ano-base e varia de R$ 79 a R$ 937. Quem trabalhou formalmente durante todo o ano com salário médio de até dois salários mínimos recebe o valor cheio. Quem trabalhou um mês, por exemplo, com esses mesmos pré-requisitos, recebe 1/12 do valor, e assim sucessivamente.

Também são pré-requisitos para ter direito ao abono estar cadastrado no PIS ou Pasep pelo menos cinco anos antes do ano-base. E a empresa para a qual a pessoa trabalhava em 2016 precisa tê-la registrado no Relatório Anual de Informações Sociais (Rais) do Ministério do Trabalho.

Os trabalhadores vinculados ao PIS retiram o dinheiro nas agências da Caixa ou casas lotéricas de todo o país. Os vinculados ao Pasep sacam o benefício no Banco do Brasil. Para saber quando o dinheiro será liberado, é necessário ficar atento ao calendário, que é vinculado ao mês de nascimento dos empregados privados e ao número final da inscrição dos servidores.

Calendário do PIS e Pasep*

 

 

*O crédito em conta para os beneficiários do PIS correntistas da Caixa será efetuado dois dias antes da data estabelecida para o saque

**O crédito em conta para os beneficiários do Pasep correntistas do Banco do Brasil será efetuado a partir do terceiro dia útil anterior ao início de cada período de pagamento.

 

Balanço dos saques*:


 

 

REGIÃO

UF

 Participantes Taxa

Cobertura

Valor Total Pago

(R$)

 Participantes

Não Pagos

Valores disponíveis para Saque (R$)
Identificados Pagos
NORTE 1.410.487 432.720 30,68% 322.389.723,64 977.767 728.668.096,35
 AC 65.572 20.496 31,26% 15.669.391,52               45.076 34.461.040,80
AP 60.148 18.057 30,02% 13.366.404,54               42.091 31.157.187,43
AM 321.719 98.733 30,69% 71.359.419,20             222.986 161.163.455,48
PA 590.875 175.780 29,75%  133.359.145,46             415.095  314.920.437,39
RO 178.927 58.222 32,54% 42.801.266,96             120.705 88.734.961,50
RR 49.853 14.021 28,12%  10.244.989,68               35.832 26.182.046,23
TO 143.393 47.411 33,06% 35.589.106,28               95.982 72.048.967,52
NORDESTE 5.527.384 1.743.804 31,55% 1.327.956.206,56 3.783.580 2.881.533.168,54
AL 320.354 103.627 32,35%  77.783.531,44             216.727  162.677.597,71
BA 1.443.174 446.511 30,94%  338.873.095,10             996.663  756.403.035,05
CE 977.276 311.795 31,90%  239.021.490,70             665.481 510.156.547,26
MA 429.910 135.538 31,53% 103.025.439,96             294.372 223.758.686,21
PB 443.551 135.136 30,47% 105.793.896,84             308.415  241.448.797,46
PE 1.005.951 319.206 31,73%  240.308.161,26             686.745 517.002.901,59
PI 274.159 93.263 34,02%  71.498.106,44             180.896  138.680.092,45
RN 387.789 122.666 31,63% 93.627.529,32             265.123  202.360.975,79
SE 245.220 76.062 31,02% 58.024.955,50             169.158 129.044.535,02
CENTRO-OESTE 1.997.664 592.403 29,65%  426.687.927,42 1.405.261  1.014.116.919,37
DF 505.331 120.762 23,90% 89.132.562,28             384.569 283.844.424,10
GO 805.191 260.391 32,34% 187.925.155,84             544.800 393.184.191,86
MT 365.843 112.717 30,81%  79.187.063,68             253.126  177.828.585,58
MS 321.299 98.533 30,67% 70.443.145,62             222.766  159.259.717,83
SUDESTE 11.498.770 3.472.724 30,20% 2.535.182.643,77 8.026.046 5.858.094.202,69
ES 546.671 161.863 29,61% 120.047.249,60             384.808 285.396.551,55
MG 2.873.935 900.653 31,34% 668.507.561,12        1.973.282 1.464.663.901,88
RJ 2.174.959 629.223 28,93% 460.093.117,51         1.545.736 1.130.255.084,58
SP 5.903.205 1.780.985 30,17% 1.286.534.715,54        4.122.220 2.977.778.664,67
SUL 4.071.975 1.247.480 30,64%  899.016.289,96 2.824.495  2.035.419.200,93
PR 1.553.201 480.514 30,94% 347.482.285,82 1.072.687  775.710.449,08
RS 1.451.748 449.375 30,95%  323.432.326,70         1.002.373  721.446.078,69
SC 1.067.026 317.591 29,76% 228.101.677,44             749.435 538.262.673,16
TOTAL BRASIL 24.506.280 7.489.131 30,56% 5.511.232.791,35 17.017.149 12.517.831.587,88

* até 31 de outubro de 2017

Fonte: Ministério do Trabalho