Câmara de Bento aprova contratação emergencial de profissionais da educação

O PLO nº 9/2019 de autoria do Poder Executivo, que autoriza o município a efetuar a contratação emergencial de profissionais da educação para as Escolas Municipais, foi aprovado por unanimidade na sessão ordinária dessa segunda-feira (18).

Conforme a justificativa do projeto, a contratação é essencial tendo em vista que, mesmo convocando todos os aprovados no último concurso, a necessidade das escolas não foi suprida. O projeto segue para sanção do prefeito, e após esta etapa, o município ficará autorizado para contratar profissionais das categorias funcionais de Educador Infantil, Professor Anos Iniciais Ensino Fundamental, e Auxiliar de Educação Infantil.

Já o PLO nº 177 de autoria do vereador Moacir Camerini (PDT) que propõe alteração e acresce dispositivos na Lei Municipal n° 4.223, de 01 de novembro de 2007, que “Dispõe sobre a utilização dos carneiros públicos dos cemitérios municipais de Bento Gonçalves”, foi rejeitado por maioria de votos. Foram favoráveis além do autor do projeto, os vereadores da bancada do (MDB) Agostinho Petroli, Idasir dos Santos e Elvio de Lima, da bancada do (PRB) Marcos Barbosa, da bancada do (DEM) Gustavo Sperotto, e o vereador Moisés Scussel Neto (PSDB).

Os Projetos de Resolução nº 2/2019 e nº 3, que concedem licença aos vereadores Anderson Zanella (PSD) e Amarildo Lucatelli (Progressistas), para viagem à Brasília, onde participarão de audiências com deputados a fim de tratar sobre demandas, emendas e recursos para o município, foram aprovados com voto contrário do vereador Camerini.

O plenário aprovou ainda, três dos quatro Requerimentos que estavam na pauta da ordem do dia. O Requerimento nº 2/2019 do vereador Camerini, e o Requerimento nº 5/2019, de autoria da Mesa Diretora, tiveram aprovação unânime. Ambas matérias, requerem a presença do representante da Corsan, unidade de Bento Gonçalves/RS, em sessão ordinária, para prestar esclarecimentos e informações à população, apontando as soluções cabíveis sobre falta de água em bairros desta cidade.

Já o Requerimento nº 4/2019 de autoria do vereador Camerini, foi rejeitado por maioria de votos. A matéria requeria à Mesa Diretora que fizesse a leitura dos pedidos de informação que não foram lidos na sessão do dia 11 de fevereiro.

E por fim, o Requerimento nº 3/2019 de autoria dos vereadores Anderson Zanella, Amarildo Lucatelli, Gilmar Pessutto (PSDB), Neri Mazzochin (Progressistas), Valdemir Marini (PTB) e Volnei Christofoli (Progressistas), solicita à Mesa Diretora, autorização para criação de uma Comissão Especial para apresentar proposta de alteração ao Regimento Interno e Lei Orgânica do município, foi aprovado com votos contrários dos vereadores Agostinho Petroli e Moacir Camerini.

 

Fonte: Câmara Bento