Cai média anual de multas em Bento em 2017

A média anual de multas diminuiu 8,78% em uma comparação de 1º de janeiro a 31 de outubro, em uma comparação do mesmo período nos últimos dois anos. Em 2016 foram registradas 5748 infrações de trânsito enquanto que em 2017 foram 5243.

Em 2016 o mês que teve mais registro de multas foi o de janeiro, com 940 infrações e o com menos multas foi de julho, com 257. Já neste ano, o mês com mais infrações foi o de março, com 695 multas e o com menos registro foi o de junho, com 394.

A infração com maior incidência em Bento Gonçalves segue sendo a de estacionamento irregular em área azul. No ano passado foram 2139 multas contra 2172 neste ano. Este foi o único índice em que houve aumento no comparativo de 2016 com 2017. Em todos os outros houve diminuição. No ano passado conduzir veículo com pessoas sem cinto de segurança somaram 675 no ano passado contra apenas 30 neste ano. No ano passado, 389 motoristas foram flagrados falando ao celular, contra apenas 99 neste ano.

Em 2017 o segundo motivo de multas mais frequente foi o de recusa à submissão de teste de etilômetro, que foram 284 casos. Número que cresce em posição no ranking, mas não em estatísticas se comparado ao ano passado, onde houve 362 registros.

Segundo o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Amarildo Lucatelli, esses números positivo mostram que os motoristas de Bento Gonçalves estão mais conscientes de suas ações. “Estamos realizando pelo menos quatro operações baladas seguras por mês. Às vezes mais. E isso de certa forma tem conscientizado os motoristas e população, o que reflete nesta redução de índices”.

A média de redução não inclui os meses de novembro e dezembro. Esse último bimestre,  no ano passado, gerou 930 multas, número este que se for repetido, ainda refletirá em uma redução em 2017.