Brigada Militar lança ação para apoiar a Campanha Nacional de doação de leite materno

A ação Solidária da Brigada Militar 2019 iniciará na tarde de quinta-feira (16/5) sua 3ª ação, que irá apoiar a Campanha Nacional de Doação de Leite Materno.

A iniciativa busca incentivar as policiais militares da Instituição que estão amamentando a fazerem a doação. Além disso, tem como objetivo levar informações sobre a importância da doação de leite também a outras mães. Toda a mulher que amamenta é uma possível doadora de leite humano, basta ser saudável e não tomar medicamento que interfira na amamentação.

O ato de lançamento ocorrerá no Auditório Centro Histórico Cultural da Santa Casa (avenida Independência, 75), em Porto Alegre, às 16h, e terá a presença de profissionais da saúde que atuam no Banco de Leite do Hospital da Santa Casa, além de policiais militares doadoras e profissionais dos Bancos de Leite parceiros da campanha.

Doação de leite materno: sinônimo de nutrição para bebês prematuros

A produção do leite depende do esvaziamento da mama, por isso, quanto mais a mulher amamenta ou esvazia as mamas, mais leite ela produz. Todo leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade antes de ser ofertado a uma criança. Um pote de leite materno doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia, uma vez que, dependendo do peso do prematuro, 1 ml já é o suficiente para nutrí-lo a cada vez que ele for alimentado. Bebês neonatos que estão internados e não podem ser amamentados pelas próprias mães têm a chance de receber os benefícios do leite materno com a doação. Com ele, a criança se desenvolve com saúde, tem mais chances de recuperação e fica protegida de infecções, diarreias e alergias.

Veja aqui a lista de Bancos de Leite em todo o RS

Quer saber tudo sobre a doação? Clique aqui e fique por dentro de todas as orientações.

 

Fonte: Brigada Militar